Prefeita nega aumento, joga culpa na Câmara e põe professores contra Vereadores

Greve à vista em VG

“É certo que a EMENDA LEGISLATIVA imposta, vai trazer prejuízos aos professores, posto que o Projeto de Lei inicial já atenderia ao magistério no mês de março, o que não mas ocorrerá”, diz trecho do veto de Lucimar Campos.

Conforme exposto no parágrafo acima, a Prefeita Lucimar Campos (DEM), empurrou pra cima dos Vereadores Varzeagrandenses a culpa e responsabilidade  pelo veto do aumento de 12,84% que deixará de ocorrer aos profissionais do magistério de VG e que segundo a Prefeita já estava garantido.

Trecho do Veto onde o executivo responsabiliza a Câmara

A negativa da gestora foi pensado milimetricamente para atingir principalmente o “maestro” e autor da emenda, Vereador Ícaro Reveles, bem como  a Câmara Municipal por completa.

Cartaz colocado em frente a Prefeitura de VG

A decisão da Alcaide em atacar e culpar os Vereadores tem lógica, e vincula em autoproteger-se, pois sabe que poderá enfrentar uma greve sem precedentes dos trabalhadores da Educação na cidade e como defesa alegaria que fez seu papel.

Acontece que a dose do  remédio (leia-se Veto) ultrapassou a medida e virou veneno contra o próprio executivo, uma vez que tal emenda nasceu do acordo entre os representantes da Educação e  membros da Câmara Municipal em incluir também, vigias, faxineiras, cozinheiras e demais profissionais no projeto original, mas diante da alteração, a administração alegou que não possuí recursos para encampar esses benefícios.

Pelos cálculos apresentados, a prefeitura informa que teria uma despesa de R$ 16 milhões somente com esses novos trabalhadores incluídos fruto da emenda aprovada pelo legislativo . Esses gastos ocorreria durante o ano corrente e no próximo biênio.

7 comentários em “Prefeita nega aumento, joga culpa na Câmara e põe professores contra Vereadores

  • 3 de abril de 2020 em 14:43
    Permalink

    Tô achando engraçado.

    Não tenho dúvidas que isso não foi escrito pela prefeita.

    O que me surpreende é o fato de o procurador legislativo, que não para de babar ovo dos vereadores, desferir palavras tão fortes contra “nossos representantes”.

    Acalmem-se Senhores Edis.

    No meu governo teremos um novo procurador legislativo, mais sensível e menos agressivo com Vossas Excelências 😉

    Aumento já para toda a educação!

    Edil Sobrano 21 para CEO municipal 👍

    Resposta
    • 3 de abril de 2020 em 19:42
      Permalink

      E você por acaso acha que foi realmente o procurador legislativo que fez??
      Ele, assim como a procuradoria, não fazem nada a não ser copiar e colar o que vem de resposta em ofícios.
      Com certeza não foi ele quem fez essa resposta!

      Resposta
      • 5 de abril de 2020 em 21:30
        Permalink

        Já estão de quarentena. Não vão receber nem sem aumento.
        Mais 1 semana com a cidade parada ,.a.prefeitura quebra.

        Resposta
  • 3 de abril de 2020 em 15:42
    Permalink

    Com essa crise do corona não vai ter greve e nem tem condição de dar aumento algum. Se conseguirem pagar dentro do mês trabalhado já tá bom demais.

    Resposta
    • 3 de abril de 2020 em 18:35
      Permalink

      Antes de postar qualquer merd ou baboseira vai estudar para aprender argumentar melhor. esse diinheiro nao sai do caixa da prefeitura e verba federal que foi destinada para pagamento de profissionais da educação. ou seja a questao e: o que Lucimar anda fazendo com esse dinheiro?

      Resposta
      • 4 de abril de 2020 em 13:47
        Permalink

        Kkkkk essa não tem noção do que fala e ainda diz que as pessoas falam merda. O recurso do fundeb não aumentou 12%, pois é calculado em relação a quantidade de alunos. O governo federal aumentou o piso, mas o repasse não aumentou.
        Então acho que você que tem que estudar analfabeta…

        Resposta
  • 4 de abril de 2020 em 13:48
    Permalink

    Kkkkk essa não tem noção do que fala e ainda diz que as pessoas falam merda. O recurso do fundeb não aumentou 12%, pois é calculado em relação a quantidade de alunos. O governo federal aumentou o piso, mas o repasse não aumentou.
    Então acho que você que tem que estudar analfabeta…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *