Prefeita arma “arataca” caso Fabinho ampare servidores em VG

 

Matreiros, os membros do executivo municipal liderado pela Prefeita, Lucimar Campos (DEM), deixaram bem claro para o “amigo” e correligionario do mesmo partido e também Presidente da Câmara Municipal de Várzea Grande, Fábio José Tardin, caso o veto do executivo seja derrubado pelo legislativo no que concerne ao  reajuste para profissionais da educação,   e,  que por acaso seja posteriormente promulgado por ele (Tardin), o mesmo incorrerá  em crime de responsabilidade fiscal, ou seja, no velho jargão popular, a “arapuca” tá armada, pois a Prefeita deixou nítido seu recado que não irá sansionar a Lei. A fundamentação do executivo para “alertar” Fabinho discorreu por duas páginas. O Presidente vai suavizar para os Campos ou marcará posto e ordem com os educadores. Vamos aguardar.

Um comentário em “Prefeita arma “arataca” caso Fabinho ampare servidores em VG

  • 3 de abril de 2020 em 18:40
    Permalink

    Manda quem pode e obedece quem tem juízo. Ano eleitoral e precisam de dinheiro do Executivo para se reelegerem. Professores nunca votaram nesses Vereadores que estão aí mesmo. Então…A desculpa é a pandemia do coronavirus. Baixa arrecadação que impossibilita isso. Etc.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *