BOMBA : União Transporte vira palco de votos; família de “laranja” foi provocada

 

A empresa concessionária de transporte coletivo, União Transporte deu “start” aos novos rumos na política Varzea-grandense e aposta que a pressão vale mais que um bom convencimento e iniciou uma estratégia bastante ousada, a “pressão”. A concessionária escalou uma assistente social da empresa, por nome de Regiane para realizar uma espécie de “convencimento” para votar no candidato da família Botelho. A Profissional da área social pelo que sabemos, não têm conhecimento de que um irmão falecido da pessoa visitada era tido como um suposto “laranha” da família, identificado como “Totó”, inclusive com um processo que corre junto a Vara Federal de Sinop. Toda celeuma criou-se por que a senhora de 61 anos têm um sobrinho candidato e esta lhe teria reclamado da inesperada aparição da funcionária da concessionária de ônibus. Vamos devagar, a denúncia será encaminhada ao Ministério Público de Mato Grosso, maiores informações durante a semana.

Um comentário em “BOMBA : União Transporte vira palco de votos; família de “laranja” foi provocada

  • 18 de outubro de 2020 em 08:10
    Permalink

    Os Botelho tão usando essa eleição pra roubar a empresa do JC de vez. Por isso JC vai apoiar Walace Deputado e chutou Pacheco fora. Sabe que Botelho a sigla do Adriene pra Emanuelzinho.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *