Novato usa “boca do caixa”; deposita em espécie e complica conta de campanha em VG

 

O Vereador eleito pelo PROS de Várzea Grande, Braz Jaciro Ferreira de França vai ter que justificar uma série de divergências encontradas na sua prestação de contas relativo ao pleito de 2020. Foram vários apontamentos que o Vereador terá que explicar a justiça eleitoral, dentre os quais que o parlamentar utilizou-se da “boca do caixa” para depositar dinheiro em espécie em sua conta de campanha, contrariando a Resolução TSE No. 23.607/2019. Nesse  período, Braz realizou quatro depósitos em dinheiro nos seguintes valores : R$ 300,00, 1.000,00, 315,00 e 1.000,00. Outra irregularidade verificada foi que um dos fornecedores da campanha, Domingos Sávio Galvão é beneficiário de auxílio emergencial do governo Federal, fato considerado ilegal. Mais duas inconsistências dizem respeito ao descumprimento no envio de relatório financeiro no prazo de até 72 horas, o parlamentar também não observou o prazo legal de 10 dias para abertura de conta bancária após concessão do CNPJ.

3 comentários em “Novato usa “boca do caixa”; deposita em espécie e complica conta de campanha em VG

  • 19 de janeiro de 2021 em 21:15
    Permalink

    Esse aí vai ser caçado. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Resposta
  • 20 de janeiro de 2021 em 00:12
    Permalink

    E o que da pessoas que não tem o mínimo de conhecimento se candidatar.Ganha ou perde e fica impipinado

    Resposta
  • 20 de janeiro de 2021 em 05:54
    Permalink

    Esse amolap tá procurando sarna pra se coçar.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *