Cantora morre dias após fazer procedimento estético no Rio

A cantora Fernanda Rodrigues, mais conhecida como MC Atrevida, 43 anos, morreu no último domingo, 27, dias após passar por um procedimento estético em uma clínica em Vila Isabel, zona norte do Rio.

Fernanda se submeteu a uma hidrolipo (lipoaspiração) com enxerto, em que parte da gordura do corpo é transferida de lugar. A funkeira escolheu tirar das costas para aplicar no bumbum. As informações são do G1.

MC Atrevida

Crédito: Reprodução/TV GloboFunkeira Fernanda Rodrigues, conhecida como MC Atrevida, morreu após procedimento estético

De acordo com uma amiga, a cantora começou a passar mal logo após a intervenção e entrou em contato com a clínica, que disse que as dores eram normais.

“As costas da hidrolipo dói [sic] um pouco mesmo. Um pouco, não. Dói bastante. É normal essa incomodação [sic] no começo, vai incomodar um pouco mesmo”, disse a recepcionista da clínica Rainha das Plásticas, áudio enviado a Fernanda por uma rede social.

Procurada pela família da cantora, a responsável pela clínica, Wania Tavares, disse que não poderia fazer nada.

Em uma live nas redes sociais, a empresária negou a informação que houve uma mistura de substâncias durante o procedimento estética na cantora.

“A gente não coloca nenhuma mistura no bumbum de ninguém. Pelo que entendi, quando foi colocada a gordura, já tinha algo que misturou lá e deu problema. Quem tem algo no bumbum não pode mexer, isso é uma bomba”, disse a Wania Tavares.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro.

Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *