Clima “azedou” entre Vereador e Suplente de VG

 

Na esteira de cassações de mandatos políticos acontecidos recentemente em Várzea Grande, os suplentes resolveram apimentarem os processos. A última situação acontecida é entre o Vereador, Neni Chimarrão (PTC) e seu primeiro Suplente, Gilson Banegas. Durante o julgamento do recurso realizado ontem, (22/05), no TRE,  Banegas através de seu Advogado, Rodrigo Cyrineu, apresentou-se como assistente da acusação para manter a cassação de Chimarrão acontecida em primeira instância. Até o momento Neni está safando-se da perda do mandato e já conquistou 4 (quatro) votos favoráveis. Fonte do Site disse que Chimarrão ficou extremamente aborrecido com a postura de Banegas, inclusive informou que nos próximos meses iria abrir espaço para o suplente na Câmara Municipal, entretanto, já mudou de idéia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *