Cruzeiro vence o Guarani de virada por 3 a 2 pela Série B – UOL Esporte

Classificação e Jogos

O Cruzeiro derrotou hoje o Guarani por 3 a 2, pela 2ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, em jogo disputado no Brinco de Ouro, em Campinas. Confira como ficou a tabela com a vitória do Cruzeiro.

A equipe mineira chegou a zero pontos na tabela, já que havia começado a competição com pontuação negativa após uma punição da Fifa, e ocupa a 17ª posição. Já o Guarani segue sem pontuar e ocupa a 19ª colocação.

O clube paulista abriu o placar com Waguininho aos dois minutos do primeiro tempo. Após um período em que só o Guarani tocou na bola, Waguininho recebeu na ponta esquerda, cortou para dentro e colocou no ângulo de Fábio.

Não demorou para o Cruzeiro empatar com Régis, aos cinco minutos do primeiro tempo. Jean lançou Marcelo Moreno na ponta direita, o boliviano cruzou na marca do pênalti e o meia, de primeira, completou para as redes. O atacante boliviano ainda colocou o Cruzeiro em vantagem aos 29 minutos do primeiro tempo após cobrança de pênalti.

Já perto do fim da segunda etapa, Didi empatou para o Guarani. Bidú cobrou falta pela direita, Júnior Todinho desviou na primeira trave e Didi, impedido, empurrou para o gol.

Coube ao zagueiro Léo, aos 30 minutos do segundo tempo, decretar a vitória do Cruzeiro. Cáceres cobrou tiro de canto pela direita, Jefferson saiu mal e Léo cabeceou para o fundo do gol para decretar números finais ao jogo.

Os melhores: Marcelo Moreno e Waguininho

Marcelo Moreno ainda está longe de sua melhor forma física depois do problema clínico que teve na reta final do Campeonato Mineiro 2020. O centroavante, no entanto, mostrou bom futebol na noite de hoje. Ele foi o responsável por fazer a jogada que culminou no gol de Régis, aos três minutos de jogo. O atacante recebeu na ponta direita e rolou e para camisa 10 cruzeirense balançar a rede. Na sequência, em cobrança de pênalti, deixou a sua marca. Ele foi, indiscutivelmente, o melhor nome do Cruzeiro em campo na partida.

Pelo Guarani, não foi difícil escolher também o principal jogador. Escalado pelo lado esquerdo do ataque, Waguininho deu trabalho à defesa cruzeirense. Ele marcou um belo gol aos 2 minutos de jogo, depois de fazer bela jogada individual e, em posição de cruzamento, surpreender Fábio com uma finalização por cobertura. Na sequência do duelo, o atacante seguiu protagonizando lances individuais e terminou como o principal nome da equipe mandante.

O pior: Jefferson Paulino

O goleiro falhou em um momento decisivo da partida. Ele errou na saída do gol após cobrança de escanteio de Claudinho e deixou o gol aberto para o zagueiro Léo marcar de cabeça o terceiro do Cruzeiro no confronto. A sua atuação no lance foi determinante para o resultado da noite de hoje, no Brinco de Ouro. Ele não foi exigido em outras oportunidades.

Didi conta com erro da arbitragem para marcar

O zagueiro Didi contou com uma falha da arbitragem para fazer um gol sobre Fábio, no segundo tempo do confronto. Depois de falta cobrada por Bidú, Júnior Todinho desviou de cabeça e mandou para o defensor, em posição irregular, no segundo poste. Em que pese o impedimento, a arbitragem validou o lance. Não há o auxílio do VAR na Série B do Campeonato Brasileiro 2020.

FICHA TÉCNICA GUARANI X CRUZEIRO

Local: Brinco de Ouro, Campinas

Data: 11 de agosto de 2020, terça-feira

Horário: 20h30 (de Brasília)

Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Junior

Assistentes: Uesclei Regison Pereira dos Santos e Dimmi Yuri das Chagas Cardoso

Cartões amarelos: Pablo e Bruno Silva (Guarani); Marcelo Moreno e Régis (Cruzeiro)

Gols: Waguininho, aos 2 minutos do primeiro tempo, e Didi, aos 28 minutos do segundo tempo (Guarani); Régis, aos 5 minutos do primeiro tempo, Marcelo Moreno, aos 29 minutos do primeiro tempo, e Léo, aos 30 minutos do segundo tempo (Cruzeiro)

GUARANI: Jefferson Paulino; Pablo Diogo, Didi, Bruno Silva, Bidú; Deivid, Arthur Rezende, Lucas Crispim; Bruno Sávio, Júnior Todinho, Waguininho. Técnico: Thiago Carpini.

CRUZEIRO: Fábio; Raúl Cáceres, Léo, Cacá, Giovanni; Ariel Cabral, Jadsom, Jean, Régis, Mauricio; Marcelo Moreno. Técnico: Enderson Moreira.

Este conteúdo foi gerado pelo sistema de produção automatizada de notícias do UOL e revisado pela redação antes de ser publicado.

Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *