Diário da Peste. É preciso dizer adeus nas alturas

Diário da Peste,

12 de Maio

Ar leve, fim da tarde; de manhã, nevoeiro. Uma notícia sobre guindastes que levam familiares até às janelas dos pisos superiores de um lar.

É preciso dizer adeus nas alturas.

Crianças com menos de um ano. Europa.

Dentro de quadrados, separadas umas das outras.

Aprendizagem precoce da geometria.

Por vezes quadrado, outras vezes circunferência.

Platão domestica de novo a cidade.

Domus, casa;

domesticar: fazer com que o exaltado se aproxime da casa.

Quadrados: T-zero em miniatura.

Cada um com uma casa na escola. Aqui não entras.

Sair do dia. Charles Bernstein, um poema.

Portbou, Espanha.

História conhecida.

Benjamin e uma companheira de fuga, Gurland.

1940, os inimigos lá atrás.

Querem ir para Lisboa e depois para a América.

Mas o dono da pousada diz que o passaporte deles não está válido. Terão de regressar a França.

Acalmar: aproximar de casa.

Ficar bravo: afastar-se da casa.

Mas por vezes as coisas mudam.

“Elon Musk vai contra as regras do Estado da Califórnia: anuncia reabertura da Tesla.

“Se prenderem alguém, peço que me prendam só a mim”, diz Musk.

As empresas reabrem, as fronteiras não.

A tradutora grega conta; estranheza do recomeço.

A amiga mais próxima visitou-a.

Ficaram a olhar uma para a outra.

2,5 meses sem se verem.

“Então, não nos abraçamos? ela perguntou.

Não sabia que dizer.

Esfregámos as costas uma na outra”.

Passadas duas horas abraçaram-se.

2,5 meses, duas horas.

Ela fala ainda dos inúmeros gatos de Atenas.

Diz: “a minha vizinha racista só dá comida ao gato branco. Impede o gato preto de se aproximar. É intencional, repete isto sempre.”

Uma nova unidade de medida: 2,5 meses; 2,75, etc.

Charles Bernstein para a ópera Shadowtime:

“Lamento informar-vos

Herr Benjamin, Frau Gurland

mas devo informar-vos

Frau Gurland, Herr Benjamin

peço que compreendam

Herr Benjamin, Frau Gurland

que é meu dever informar-vos

Frau Gurland, Herr Benjamin

que os seus vistos de trânsito

Herr Benjamin, Frau Gurland

os seus vistos de trânsito

Frau Gurland, Herr Benjamin

Não são válidos.”

França vai exigir quarentena e Espanha vai exigir quarentena e Itália vai exigir quarentena e etc.

Os vistos de trânsito já não são válidos.

Todos os passaportes subitamente expiraram; um apagão brusco da possibilidade do movimento.

peço que compreendam

Herr Benjamin, Frau Gurland

que é meu dever informar-vos

Frau Gurland, Herr Benjamin

que os seus vistos de trânsito

Herr Benjamin, Frau Gurland

Os seus vistos de trânsito

Frau Gurland, Herr Benjamin

Não são válidos.

—–

Índice

Diário da Peste. Alguém mexeu na aparelhagem geral do mundo e diminuiu o som

Diário da Peste. A informação é o fogo do século e o século está frio

Diário da Peste. É como deixar cair uma mancha de tinta em água limpa

Diário da Peste. O elegante movimento do cavalo

Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *