Em 1 ano GM falta 34 dias, Corregedor abre PAD para apurar irregularidade

PAD NA CORPORAÇÃO

O Corregedor da Guarda Municipal de Várzea Grande, Jackson Nunes Cunha fez publicar hoje, 03/04, a instauração de PAD (Processo Administrativo Disciplinar) em desfavor de um GM da cidade.

Consta na publicação que o Comandante da Guarda Municipal encaminhou denúncia por inassiduidade do Guarda Municipal denominado como B.A.G.

Segundo a denúncia do comandante o servidor durante o período de 27/12/2017 à 28/12/2018 teria faltado 34 (trinta e quatro) dias sem justificativas.

A Comissão de investigação é formada pelos funcionários, Maurício Rodrigues da Silva, Sidney de Oliveira do Carmo e Roseir Brandão Dionísio e terão 30 (trinta) dias para apurarem possíveis enquadramentos às Leis e Decretos que regem a Guarda Municipal e o Estatuto do Servidor Público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *