Filme catarinense “Oração do Amor Selvagem” marca estreia de cineclube em Antônio Carlos | NSC Total

Desde o seu lançamento, em 2015, o filme catarinense Oração do Amor Selvagem já participou de festivais de cinema no Brasil e no exterior, foi para a TV a cabo e para o streaming, e agora marca a inauguração de um novo cineclube em Santa Catarina: é em Antônio Carlos, justamente uma das cidades onde o longa foi gravado.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

O novo espaço é o CineClube CinExtasia, fundado por um grupo de moradores do município: Jeronimo do Carmo, Vitória Richartz, Geraldo Zimmermann, Joseane Vidal, Wagner Vidal e Sandro Pauli. A exibição acontece no próximo domingo, dia 21 de novembro, às 18h; seguida por uma conversa com o diretor Chico Faganello.

– A presença da comunidade e a integração foi total, desde as áreas técnicas até as artísticas – relembra o cineasta, sobre as gravações do longa na cidade. – Trabalhamos em equipes unidas.

Além disso, Oração do Amor Selvagem terá lançada nas plataformas digitais a sua trilha sonora, assinada por Zeca Baleiro e indicada ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro; e também vai estrear no Vimeo On Demand. A produção já está disponível também na Amazon Prime Video e na Looke.

> Melhores filmes de terror brasileiros de todos os tempos

Oração do Amor Selvagem é inspirado em fatos acontecidos em uma pequena comunidade no interior de Santa Catarina. O Brasil é o da cultura camponesa dos anos 1970 e 1980, com uma abordagem popular sobre temas como tolerância, fé e ciúmes.

Na história, Thiago abandona a fazenda do místico Otaviano para proteger sua filha Clara, e passa a viver em um vilarejo onde a religião é conduzida pelo Pastor Kurtz. Com a paixão por Miranda, irmã do pastor, ele precisa se livrar dos medos e desafiar as leis divinas do lugar.

Leia também:

> A franquia Halloween: relembre a saga de terror que volta aos cinemas com Halloween Kills

> Bruna Marquezine quase foi Supergirl no filme The Flash

> Escola Bolshoi faz estreia presencial do espetáculo Balé 432

Leia Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *