Foram precisos 9 anos para fãs notarem isto em The Walking Dead!

Quando falamos em séries de sucesso que já passaram pelas televisões de mais de metade do planeta lembramo-nos de algumas. Mas não são assim tantas como isso. No entanto há uma que fez grande sucesso. O The Walking Dead, na minha mais sincera opinião, é uma verdadeira obra de arte.

Assim, a série ainda hoje é um fenómeno em vários países e é vista por milhares de pessoas. Contudo, tal como qualquer outro projeto acaba por não ser 100% perfeito, sendo que os fãs precisaram de 9 anos para chegar a esta conclusão. Mas o que aconteceu afinal?

Atenção! Série que vai revolucionar a Marvel já tem trailer! 

Foram precisos 9 anos para fãs notarem isto em The Walking Dead!

fãs Walking Dead

Portanto, sendo The Walking Dead uma série de ação, é exigido aos atores que tentem pelo menos disfarçar o ambiente de tensão vivido nas cenas. Sendo que os fãs queixam-se essencialmente da falta de realismo que pelo menos a terceira temporada apresenta.

Assim, o momento falado remete aos episódios onde é possível ver Rick Grimes e a sua equipa a vasculhar a prisão em busca de pessoas vivas. Sendo que passado alguns momentos, a prisão acaba por ser invadida por Zombies e a situação passa a ser crítica. Ou seja, num curtíssimo espaço de tempo acabamos por ver uma completa guerra mundial. O problema é mesmo o facto de os atores estarem a fazer as cenas sem qualquer entusiasmo nas caras. O que faz com que a única coisa que nos entusiasme sejam mesmo os efeitos especiais colocados de forma posterior.

fãs Walking Dead

Em suma, já tinha reparado nisto que os fãs acharam em The Walking Dead? Acha que existe mais alguma cena em mais alguma temporada que esteja assim também? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários mais em baixo.

Fonte da Imagem

mm

Bruno Alexandre Pereira

A tecnologia é um mundo que gosto de estar sempre a descobrir. Interesso-me por todos os temas, embora os jogos sejam a minha praia. Prometo trazer-vos todos os dias as melhores novidades que encontrar.

Leia Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *