Inspirado pela Amazônia, escritor desenvolve saga épica de guerreiro amazônico

Em 2021, o mago mais poderoso dos cinemas completa 20 anos desde sua estreia nas telonas. Isso mesmo, a saga cinematográfica de Harry Potter completou a marca de duas décadas. Mas você sabia que a Amazônia também possui um guerreiro mágico para chamar de seu?

O escritor Roberto Merin criou a obra ‘A saga do guerreiro Kauan: passado misterioso, o surgimento das florestas, dos feiticeiros e a aliança secreta’, um universo cheio de aventuras, mitologia regional e muita magia.

O início do livro leva o leitor para uma era remota quando Monã criou a floresta e tudo o que nela existe. Contudo, ele deixou seu poder em alguns muiraquitãs (artefatos que representam animais), que são roubados por três feiticeiros. A consequência deste ato é a chegada de um poder maligno para as florestas. Então, uma profecia recai sobre o jovem Kauan, que contará com a ajuda de dois amigos para desvendar uma série de mistérios.

Para criar o universo de Kauan, Roberto levou mais de 20 anos. Antes, ele não queria mostrar a sua obra. “Li um mundo de coisas para pegar dados como, por exemplo, livros raros. Tudo ali foi pesquisado, desde comida, passando pela flora e fauna. Eu não costumo pensar em rótulos, mas uma leitora disse que o Kauan é uma espécie de Harry Potter indígena”, contou o autor.

Início e paixão pela Amazônia

De acordo com o autor, a escrita sempre esteve presente em sua vida. “Na escola, nunca fui um aluno ‘dez’, porém, as redações sempre chamavam a minha atenção e eu não me tocava. Só que em certa vez, uma redação que escrevi foi lida em um curso de Letras e todos gostaram”, explicou.

Atualmente, Roberto trabalha com agropecuária, mas sempre desenvolveu algum projeto na área da literatura. Em um site, o escritor publicava histórias e contos voltados para o público infantil.

Natural do Paraná, o escritor sempre foi apaixonado pela mitologia da Amazônia e passou a desenvolver a saga de Kuan inspirado na região.

Com o manuscrito em mãos, Roberto recebeu um negativo das editoras, que afirmavam “não estarem recebendo materiais originais”. Entretanto, ele descobriu uma maneira de divulgar a sua obra: na forma de e-book (livro digital).

“Eu sou um paranaense que mora no Piauí e escreve sobre a Amazônia. Isso nasceu comigo. É muito raro encontrar quem escreva sobre temáticas indígenas. Espero que os leitores curtam a minha obra e a saga do Kauan”, afirmou o autor.

Confira a sinopse completa de ‘A Saga do Guerreiro Kaun’:

Já imaginou fazer uma viagem pela Amazônia de muitas eras, do tempo dos deuses, de quando aconteceu um evento que desencadeou na criação da floresta, dos bichos e dos homens?

Tudo começa com Monã, o deus criador da floresta, depositando seu poder em cinco objetos sagrados, de nome muiraquitãs.

Os muiraquitãs despertaram a cobiça de três feiticeiros e estes conseguiram roubá-los, mas, por um incidente, dois foram perdidos. Só há uma esperança para a floresta.

A Saga do Guerreiro Kauan transporta o leitor para uma época remota. Inspirado nas ricas culturas e mitologias. Flora, fauna, toda a riqueza da maior floresta tropical do mundo.

Fazem parte Jui, um macaco falante que conhece muitos segredos da floresta e se transforma na mística águia harpia, ou uiraçú, nas línguas sagradas. Os dois encontram um guerreiro que fora enfeitiçado e transformado em uma superonça. O novo amigo servirá de transporte e cavalgadura para Kauan.

Roberto Merin

Leia Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *