Jayme diz que sua pré-candidatura não tem volta; DEM aguarda resposta de Mauro até dia 30

O ex-governador Jayme Campos (DEM), confirmou a sua candidatura ao Senado e revelou que o partido estabeleceu prazo até o dia 30 de junho para que o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), oficialize sua candidatura ao Governo. “Temos que acertar até o dia 30 para que tenhamos de fato e de direito as candidaturas lançadas. Temos que buscar aliados, companheiros. Acho que dia 30 está razoável para que Mauro defina sua candidatura de forma completa. Para mim ele já está como candidato, e eu já estou definido como senador. Não tem volta. Só para frente”, afirmou em entrevista nesta quarta-feira (20) ao Jornal do Meio Dia, da TV Vila Real.

“O próprio Mauro achou que é um prazo razoável e eu também acho. Vamos segurar até quando? Em que pese às convenções se iniciem dia 15 de julho e se encerra no dia 5 de agosto. Acho que é um prazo razoável”.

Mauro foi lançado como pré-candidato pelo DEM no último dia 11, porém tem colocado ressalvas para confirmar definitivamente que vai estar na disputa. Nesse espaço, ele mantendo conversas com lideranças de outros partidos para formar um amplo arco de alianças para a eleição, o que foi confirmado pelo ex-senador. “O Mauro está fazendo a construção desse projeto para se viabilizar não só financeiramente, mas para também construir um arco de alianças com outros partidos políticos para que ele possa ter uma candidatura sólida e poder vencer as próximas eleições”.

Ao ser questionado sobre a possibilidade vir a substituir Mauro, caso este venha a desistir da disputa, Jayme afirmou que o assunto deverá ser novamente discutido internamente pelo DEM. “Ninguém pode impor candidatura, eu imagino que eventualmente, se o Mauro venha a desistir, o que eu não acredito, esse assunto terá que ser tratado. Sou e serei um soldado do partido, só que você não constrói uma candidatura de forma aleatória. Você tem que ter bons companheiros e bons aliados para formar um bom arco de aliança, por que ninguém ganha eleição sozinho. Mas isso é assunto superado, o Mauro estará disputando o cargo de governador do estado na a eleição deste ano”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *