Jovic: «Às vezes vejo vídeos do ano passado e digo, o que se passa comigo?»

Luka Jovic não está contente com a temporada que está a realizar no Real Madrid. Numa entrevista a um canal sérvio no Youtube, o Sportsko popodne sa Kristinom, o antigo avançado do Benfica confessa que não está num bom momento de forma, mas não tem dúvidas quanto à sua qualidade e garante que não se sente pressionado pelos constantes comentários nas redes sociais.

«Nunca tive dúvidas sobre a minha qualidade. Sempre acreditei que tinha talento para coisas grandes, sempre acreditei que sou o melhor. Esperava apenas por uma oportunidade. No Benfica não a tive, mas no Frankfurt tive e aproveitei, porque acreditava no meu talento. Ao início no Frankfurt foi difícil, mas o mais importante era acreditar. Às vezes também é preciso ter sorte», começa por destacar o avançado sérvio.

O jovem avançado, apesar de ter apenas conta no Instagram, está em permanente destaque nas redes sociais da Sérvia. «Sinceramente os comentários não me incomodam. As coisas que se escrevem são parvoíces. O mais importante é que as pessoas que me conhecem, a mim à minha noiva, saibam a verdade. Não me interessa a opinião dos invejosos. Mas, claro, quando abro o meu Instagram, a primeira coisa que vejo são notícias sobre a minha vida privada e não o facto de eu ser um jogador do Real Madrid. A Sérvia devia estar orgulhosa por ter um jogador no Real Madrid», reagiu.

Apesar de ter sido pouco utilizado no início da época, Jovic tem tido agora mais oportunidades. Estreou-se a marcar frente ao Leganés e fez uma assistência de calcanhar a Casemiro frente ao Sevilha. «Vou ser sincero. Não estou contente com a temporada, pelo menos até agora. Primeiro porque sei que posso fazer melhor. Às vezes vou ao Youtube ver vídeos dos meus jogos da época passada e pergunto, o que se passa comigo?», contou.

Apesar de tudo, Jovic acredita que a sua situação vai melhorar no Real Madrid. «Todos sabemos que o Real Madrid é um grande clube e é muito difícil um jogador experiente adaptar-se, quanto mais um jovem de 21 anos por quem pagaram 60 milhões de euros. A pressão é muito grande. Tenho lutado, mas até agora sem grande êxito. Espero que a minha situação mude», referiu ainda.

Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *