Londrina quer punição ao Figueirense e reviravolta na Série B; catarinenses rebatem

Mesmo com o rebaixamento na Série B do Campeonato Brasileiro confirmado em campo, o Londrina ainda acredita em uma ação fora dos gramados para se salvar. Os paranaenses defendem uma punição ao Figueirense, que poderia perder pontos e reconfigurar a situação no Z4.

O caso está relacionado ao W.O. dos catarinenses contra o Cuiabá pela 17ª rodada, em 20 de agosto. O Londrina pretende entrar com uma ação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pedindo a retirada de três pontos dos adversários, se fundamentando no artigo 203 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

(Foto: Divulgação/FFC)

(Foto: Divulgação/FFC)

Foto: Gazeta Esportiva

O texto do Código cita: “deixar de disputar, sem justa causa, partida, prova ou o equivalente na respectiva modalidade, ou dar causa à sua não realização ou à sua suspensão” e prevê pena de R$ 100 a R$ 100 mil, além da perda dos pontos. O caso foi julgado no início de outubro pelo Tribunal e o clube recebeu multa de R$ 3 mil.

Em entrevista coletiva realizada nesta terça-feira, o gestor do Tubarão Sergio Malucelli afirmou que o clube vem estudando a investida nas últimas três ou quatro semana. Na última sexta-feira, Malucelli disse à Gazeta Esportiva que os catarinenses deveriam perder três pontos pelo caso.

Em resposta à reportagem, Eduardo Carlezzo, membro do departamento jurídico do Figueirense analisou: “Estamos absolutamente tranquilos de que não haverá nenhuma outra punição ao Figueirense diferente daquelas que já foram dadas.”

“Já fizemos a defesa no processo do WO, onde além da perda automática dos pontos da partida contra o Cuiabá, foi imposta multa de três mil reais. O processo está encerrado. Da mesma forma, fizemos a defesa no caso dos atrasos salariais e o processo foi arquivado sem qualquer punição. Portanto, não há como reabrir casos já encerrados”, completou.

Mesmo se o Figueira perder os três pontos, o rebaixamento ainda dependeria dos resultados das partidas da 38ª rodada, que serão disputadas na próxima sexta-feira, às 16h30 (Brasília). Os catarinenses garantiriam sua permanência com uma vitória sobre o Operário-PR, em casa; enquanto o Londrina teria que torcer para no máximo um empate do rival e vencer o Guarani em São Paulo.

Gazeta Esportiva
Gazeta Esportiva

Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *