Mancini coloca Galo fora da briga do Z4 e releva vaias após derrota

A derrota em casa por 2 a 0 para a Chapecoense, nesta quarta-feira, pode deixar o Atlético-MG a até três pontos do Z4, dependendo dos resultados da rodada. Ainda assim, o treinador Vagner Mancini entende que sua equipe não corre riscos de rebaixamento.

“Eu, particularmente, não acredito. Mas é óbvio que o torcedor saiu daqui pensando nisso, porque estamos perto de pontuação. São nove jogos, temos capacidade de sair. Nosso pacto era nestes três jogos, somar pontos importantes e que pudéssemos sonhar com outro patamar. De chegar perto de quem está ali em sétimo e oitavo lugar. Ainda há tempo para isso. Todos tem que estar consciente do que está acontecendo. Temos que reagir o mais rápido possível”, declarou o treinador na coletiva pós-jogo.

Mancini foi vaiado pela torcida após a derrota (Foto: Bruno Cantini/CAM)

Mancini foi vaiado pela torcida após a derrota (Foto: Bruno Cantini/CAM)

Foto: Gazeta Esportiva

Em quatro jogos no comando do Galo, Mancini já começa a receber críticas dos torcedores atleticanos. Após a derrota, gritos de “burro” foram ouvidos no Independência. O treinador comentou sobre as críticas.

“No primeiro eu já fui chamado, lá em Maceió. Em 15 anos de carreira, é a primeira vez que tenho que lidar com isso… quando tem alguma coisa para brigar contra, eu enfrento os problemas, nunca virei as costas para os problemas. Temos que entender o torcedor e seu manifesto. Sinceramente, eu não ligo, porque a gente aqui no Brasil já aprendeu e está acostumadas com as coisas que são faladas durante o jogo. A minha opinião não importa. O que importa dizer é que vamos trabalhar muito para que o quadro seja outro à partir de já”, afirmou.

Para se reabilitar na competição depois de duas derrotas seguidas, Vagner Mancini e seus comandados tem confronto direto contra o Fortaleza, neste sábado, às 19h, no Castelão.

Gazeta Esportiva
Gazeta Esportiva

Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *