Marina Ruy Barbosa conta por que não escolhe mais looks com ajuda da mãe. Saiba!

Marina Ruy Barbosa explicou por que Gioconda não é mais sua consultora de moda: ‘Minha mãe sentiu necessidade de dar mais atenção a ela mesma e ao casamento com meu pai, e seguir outros caminhos. Hoje ela tem um brechó de peças de luxo e se dedica às causas sociais. Mas, mesmo trabalhando com outros profissionais, sempre peço sua opinião, afinal, ela me conhece muito’

Marina Ruy Barbosa explicou os motivos pelos quais a mãe, cuja semelhança impressiona internautas, se afastou um pouco da sua carreira. Conhecida por sempre usar looks incríveis, a atriz contou que não escolhe mais as roupas que vai vestir com ajuda de Gioconda. “Minha mãe tem muito bom gosto e, em determinado momento da minha carreira, sugeri dela começar a me vestir para os trabalhos. Foi assim durante muito tempo, o que era muito bom, pois além trabalhar com ela, ainda existia esse vínculo de amizade e companheirismo”, disse à revista “Glamour”.

Mãe de Marina investe na carreira profissional

Vista passeando com Gioconda em shopping carioca, Marina falou sobre os projetos da mãe, que era a principal consultora de moda da ruiva. “Há, mais ou menos, um ano, minha mãe sentiu a necessidade de dar mais atenção a ela mesma e ao casamento com meu pai, e seguir outros caminhos. Hoje ela tem um brechó de peças de luxo e se dedica às causas sociais. Mas, mesmo trabalhando com outros profissionais, sempre peço sua opinião, afinal, ela me conhece muito! Somos e seremos amigas para sempre. Desde pequena, a nossa relação é de transparência e confiança, e nunca cortaremos nossos laços”, afirmou.

Atriz entrega curiosidades sobre si mesma

Casada com o empresário Xandinho Negrão, com quem troca declarações de amor na web, Marina comentou que dispensa baladas e rejeitou o rótulo de “certinha”. “Não sou baladeira e tive namoros longos, talvez por isso algumas pessoas me rotulem assim, de ‘certinha’. Mas rotular outra pessoa não é muito inteligente. Eu não gosto de ser enquadrada em caixinhas. Se ‘ser certinha’ é levar uma vida de casada com quem a gente ama e preferir estar com essa pessoa nos momentos livres, então podem me chamar de certinha”, disparou.

Ruiva mostra que é gente como a gente

Segundo Marina, ela não busca a perfeição. “Que chatice seria a minha vida se existisse essa busca… Quero aprender a lidar com minhas imperfeições e ajustar os defeitos que me atrapalham na profissão e na vida pessoal. E acho que este é o desafio de todos nós: seguir por caminhos que nos tragam aprendizados. Aprender com os erros, reproduzir boas atitudes e seguir em frente, enfrentando nossas fragilidades e respeitando nossos limites”, avaliou a ruiva, que luta para não querer a aprovação de todo o mundo: “É um processo, sem dúvidas. Um processo sofrido e de autoconhecimento, que leva tempo e paciência, e ainda depende muito de como cuidamos de nós mesmas. Precisamos de generosidade, carinho e cuidado conosco, e com nossas imperfeições, limitações. Tudo começa pelo respeito e por amor próprio”.

Artista revela o segredo da felicidade

Acostumada a mostrar sua beleza natural em fotos com marido, Marina entregou que curte um dia de preguiça com o piloto, usando moletom e sem make. “O que me deixa feliz? Ah, é saber que eu ajudei alguém a ser mais feliz ou realizar um sonho. E trabalhar com coisas que eu amo e pessoas que eu admiro. Um dia de preguiça com o meu marido, de moletom, sem maquiagem, sem caras e bocas também me deixa muito feliz. Amo passar um tempo curtindo uma boa música, apreciando a natureza, ficar meus gatos, tomar um sol e ler”, declarou.

(Por Patrícia Dias)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.

Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *