Máscara de LED usada por Lady Gaga no VMA 2020 foi criada em uma semana

Entre os tantos destaques numa cerimônia realizada no meio de uma pandemia, o acontecimento que chamou mais a atenção durante a edição 2020 do VMA no último domingo (30) foi a performance de Lady Gaga, que usou uma máscara facial de LED por nove minutos enquanto dançava e cantava alguns dos hits de seu último álbum, “Chromatica”. O aparato impressionou todo mundo por exibir luzes que imitavam os movimentos da boca da cantora, enriquecendo um espetáculo já cheio dos detalhes.

A máscara facial tem autoria do Smooth Technology, coletivo que em entrevista à Elle confirmou que a vestimenta foi bolada e fabricada em uma semana. A pressa aconteceu por conta de Gaga, que entrou em contato com o grupo depois de descobrir que apenas os dançarinos estavam sendo obrigados contratualmente a usarem máscaras durante as apresentações.

“Quando a Gaga ouviu isso, ela diz que aquilo ‘enviava a mensagem errada, que dizia que se você tem um certo nível de poder ou de algo não precisa usar uma máscara’” comenta Dave Sheinkopf, um dos integrantes do coletivo, na entrevista; “Eu acredito que significou muito para ela vestir a máscara. Isso e óbvio, se ela vai vestir uma máscara, ela vai vestir uma coisa louca que muda a moda”.

O conceito visual da máscara foi elaborado pelo grupo junto do designer Diego Montoya, que foi responsável pelos primeiros esboços do produto. Os painéis de LED foram pensados a partir do momento que uma versão final do visual foi elaborada e fabricada com impressoras 3D, e de acordo com o grupo todo o balé de luzes foi orquestrado remotamente com uma mesa de iluminação.

Sheinkopf ainda comenta na entrevista que a máscara tem muito mais habilidades, dado que o coletivo encheu o aparato “de ferramentas porque não sabíamos o que a Gaga queria exatamente”, dado que eles não puderam participar dos ensaios por conta da pandemia. “Nós trabalhamos com o pessoal do som do show, com os produtores, com o estilista, e todas as considerações foram remendadas para chegar a algo que fosse funcional tanto de um ponto de vista estilístico quanto de performance” comenta o criativo ainda, que reforça que o prazo curto foi o grande desafio em torno de tudo isso.

Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *