Michel Piccoli, um aventureiro do cinema

O actor francês Michel Piccoli morreu, no passado dia 12 de Maio, aos 94 anos, na sequência de um acidente vascular cerebral. A informação foi avançada apenas na manhã desta segunda-feira pela família do actor à agência France-Presse.

Piccoli estava já há longos anos ausente dos ecrãs — não subia a um palco desde 2009, quando representou Minetti, de Thomas Bernhard, e a sua última prestação no cinema teve lugar em 2014, com Le goût des myrtilles de Thomas de Tier.

Com a sua morte, desaparece um actor versátil, aventureiro, aberto aos desafios, sempre com um sorriso nos lábios, que viajava sem esforço aparente entre universos muito diferentes, e que marcou indelevelmente o cinema europeu do pós-Segunda Guerra Mundial. Um dos últimos grandes nomes ainda vivos desse período central do cinema moderno, Piccoli era um actor para quem o importante era servir o filme, mais do que impor um nome.

Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *