MP investiga convênio firmado em VG e notifica ex-Prefeito e Coordenador da Prefeitura

 

O Ministério Público de Mato Grosso, instaurou Portaria ontem (12/02), para investigar suposta malversação ou desvio de recursos públicos na execução do convênio No. 11/2014, visto que não foram prestadas contas na forma da Lei. Segundo o MP, na prestação de contas foram apresentados meros recibos, o que não contemplaria o observado na legislação. O levantamento iniciou-se com denúncia sobre irregularidades sanitárias e administrativas em eventos festivos (carnaval), porém a Promotoria visualizou suposto desvio de recursos públicos. Na época, o convênio foi firmado pelo ex-prefeito, Walace Guimarães, pelo ex-Secretário e atual Coordenador da Prefeitura de VG, Cidomar de Arruda Velo e como beneficiada a Associação Cultural e Turismo de Bonsucesso. O Promotor, Jorge Damante, expediu ofício ao TCE  para verificar sobre a regularidade do citado convênio, bem como expediu notificações ao ex-prefeito, Walace Guimarães e Cidomar de Arruda Velo, para que façam suas defesas num prazo de 30 (trinta) dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *