MP investiga nepotismo, contratos temporários, verbas indenizatórias na Saúde de VG

Terra de Peter Pan, terra do nunca

O Ministério Público de Mato Grosso recebeu uma extensa lista de denúncias que estariam ocorrendo dentro da Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande, comandada pelo Secretário, Diógenes Marcondes.

O denunciante que preferiu manter-se anônimo, elencou uma série de irregularidades, dentre os quais : Nepotismo, Pagamento de Verbas indenizatórias sem amparo, contratações indevidas e nomeação de membro do Conselho de Saúde para desempenho de cargo comissionado no executivo.

Num dos trechos da denúncia é citado o excesso de número de contratados temporariamente na Secretaria de Saúde de VG e também servidores que recebem verba indenizatória, que segundo o denunciante causa desperdício de dinheiro público.

“A Vereadora Rosy Prado é quem dita as regras dentro da aludida Secretaria, cometeria abuso de poder, assédio moral, apadrinhamento e nepotismo ao ter contratado seu sobrinho “neto”, como Coordenador da pasta”, diz um dos trecho da denúncia.

Outro ponto reclamado diz respeito a ilegalidade e imoralidade na nomeação do Presidente afastado do Conselho Municipal de Saúde, Erick William Pinto, para desempenho no cargo de Superintendente da Vigilância Sanitária.

As investigações está nas mãos da Promotora, Audrey Ility, que encaminhou ofício à Prefeitura para que no prazo de 10 (dez) dias, preste as devidas informações, principalmente sobre a existência de servidor nomeado pelo prenone “Neto” e em caso positivo, encaminhe ficha funcional e qual vínculo de parentesco com a Assessora de Gestão, Rosy Prado e quem foi a autoridade nomeante.

A Promotora quer também relatório de quais cargos percebem verba indenizatória, qual os valores, os atos que regulamentam esses benefícios e também o percentual de servidores não efetivos que prestam serviços na Secretaria de Saúde.

 

3 comentários em “MP investiga nepotismo, contratos temporários, verbas indenizatórias na Saúde de VG

  • 14 de junho de 2019 em 14:15
    Permalink

    Vocês tinham que procurar o q fazer. Site sem matéria vive a custa da Rosy , é mas fácil vocês pediram um ajuda de custa para ela .. não tem matéria….. Ou é um amor pela Rosy ou tem medo dela crescer…..kkkkkkk…tinha q fazer matéria da cidade inteira entao….. Tá chata isso… Sempre msm assunto… Parece site de estagiário….

    Resposta
  • 14 de junho de 2019 em 16:25
    Permalink

    Caro Internauta denominado VG, temos a informar que a denúncia não foi realizado pelo Site e sim anonimamente junto ao Ministério Público de Mato Grosso e portanto apenas reproduzimos o material. Quanto sua opinião sobre ajuda de custo, não utilizamos destes meios. Desde já agradecemos seu comentário e continue acessando nosso portal.

    Resposta
  • 15 de junho de 2019 em 13:50
    Permalink

    O Pedra já nos dá uma ajuda de custo pra saber quem trai ele.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *