Muito calor e ar seco no Centro-Oeste

Ar frio de origem polar fica longe da Região por mais alguns dias.

O inverno é a estação na qual o ar frio de origem polar consegue chegar com maior frequência e força ao Centro-Oeste do Brasil . Porém, nem todas as massas de ar frio que entram no Brasil nesta época são fortes e não é sempre que a circulação de ventos leva o ar gelado na direção do Centro-Oeste . 

Sem o ar frio, sem as nuvens e sem chuva, o Centro-Oeste tem dias de muito calor no inverno. Isto é normal!

A primeira quinzena de julho está sendo marcada por pouca penetração de ar frio de origem polar sobre o Centro-Oeste. É o calor que tem predominado, até mesmo em Mato Grosso do Sul e no sul e no oeste de Mato Grosso, regiões onde o vento frio chega mais facilmente 

Calor de inverno em Cuiabá

Em Cuiabá, capital de Mato Grosso, a tarde de 14 de julho foi a segunda mais quente do inverno. A temperatura máxima foi de 37,2°C, um dos valores mais altos do ano até agora. Segundo o INMET – Instituto Nacional de Meteorologia, o recorde de calor para este ano em Cuiabá, até agora é de 38,1°C em 14 de março.

Temperaturas em torno dos 36°C e 37°C vão continuar ocorrendo em Cuiabá nos próximos dias.

Em Brasília, com a temperatura máxima de 27,1°C, a tarde de 14 de julho foi a segunda mais quente do inverno.

Calor e ar seco

O ar frio de uma frente fria que está agora no Espírito Santo não conseguiu avançar pelo interior do Centro-Oeste. O ar continua quente e vai ficar mais quente e seco até o fim da semana. 

A população de toda a Região deve ter atenção para a secura do ar nos próximos dias. O calor aumenta e os níveis de umidade no ar diminuem.

Pelo menos até o domingo, os níveis de umidade do ar vão ficar entre 20% e 30% por várias horas consecutivas, por quase todo o Centro-Oeste. Em alguns locais, a umidade no ar pode ficar até abaixo dos 20%.

É preciso lembrar que não chover nesta época do ano no Centro-Oeste é normal.

Foto de João Alves, Cuiabá (MT)

Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *