Nota Técnica sobre atuação da enfermagem para ampliar acesso da população no diagnóstico das hepatites virais

O Programa Nacional para a Prevenção e o Controle das Hepatites Virais divulgou a Nota Técnica nº 369/2020-CGAHV/.DCCI/SVS/MS com orientações sobre a atuação da enfermagem para ampliação do acesso da população ao diagnóstico das hepatites B e C e encaminhamento de casos detectados para tratamento.

O Plano para a Eliminação da Hepatite C no Brasil orienta que a(o) enfermeira(o) solicite o exame de biologia molecular HCV-RNA para os pacientes com anti-HCV reagente (teste rápido ou sorologia), além de realizar a notificação no Sistema de Informação de Agravos de

Noficação – Sinan.  A Agenda Estratégica para ampliação do acesso e cuidado integral das populações-chave e/ou prioritárias para agravos como HIV, hepatites virais e outras infecções sexualmente transmissíveis (BRASIL, 2018a), na estratégia de prevenção combinada,


também evidencia a importância da ação colaborava da(o) enfermeira(o) para implementar ações que possam ampliar o acesso à prevenção, rastreio, diagnóstico, tratamento e acompanhamento dos pacientes acometidos por algum desses agravos.

Confira aqui a Nota Técnica na íntegra.

Leia Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *