O início da guerra civil espanhola em “Enquanto a Guerra Durar”

Salamanca, verão de 1936. Espanha vive uma situação desconcertante, e o ilustre escritor Miguel de Unamuno decide apoiar publicamente a revolta militar acreditando que poderá trazer ordem ao caos existente. Como consequência desse apoio, é imediatamente demitido do seu cargo de reitor da Universidade de Salamanca pelo governo de esquerda. Entretanto, o General Francisco Franco une as suas tropas à rebelião e inicia com sucesso uma campanha vinda do Sul, tentando secretamente tomar o comando da guerra. Este confronto torna-se bastante sangrento e alguns amigos e colegas do escritor são detidos e aprisionados, obrigando Unamuno a questionar o apoio que tinha dado anteriormente à rebelião, e até os seus próprios princípios. Quando Franco transfere o seu quartel-general para Salamanca e é nomeado Caudilho, Unamuno visita-o no palácio, determinado a implorar clemência.

Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *