Opinião | Square Enix deveria ser mais transparente quanto a Final Fantasy VII Remake

Clique para ver a imagem em tamanho original

Nunca ocultei que a ideia de Final Fantasy VII Remake ser lançado em partes não me agrada. Sim, em questão técnica, sonora e gameplay, achei excepcional desde o primeiro minuto que vi, mas nunca confiei em uma extensão artificial dos eventos de Midgar para até 20 ou 40 horas. Eu pensei que não dava para fazer isso de forma orgânica, mas pelo que vi, posso estar errado. Então parei para refleti sobre a situação: foi culpa minha ou da Square Enix? Não acho que a culpa tenha sido inteiramente minha, levando em conta a confusão da comunidade com o jogo.

Final Fantasy VII Remake é certamente um dos projetos mais ambiciosos que foram desenvolvidos na história dos jogos. Não se trata simplesmente de pegar um jogo qualquer e o remasterizar. É pegar um dos maiores e mais queridos títulos da indústria para ampliá-lo e levá-lo a um patamar nunca visto na série. No entanto, acredito que a transparência nula da Square Enix ao explicar o projeto além de Midgar está lhe causando grandes danos. Será que Kitase, Hamaguchi, Nomura e Toriyama não poderiam ser mais claros com seus planos? Não precisamos de uma data, precisamos apenas de um número: a quantidade de partes que compõem o remake.

Muitos pensam que nem mesmo a Square Enix sabe quantas partes Final Fantasy VII Remake terá, e o que eu acho é que você não pode ser tão ingênuo. Na pior das hipóteses, mostraria a falta de planejamento dos desenvolvedores uma decisão tão sem sentido quanto iniciar a criação de um trabalho dessa magnitude sem saber exatamente quanto tempo irá durar. Enquanto a empresa não falar e der um número preciso, a desinformação continuará criando conspirações de sequências infinitas de Final Fantasy VII e muitos jogadores deixarão de comprar, esperando saber exatamente quantas vezes terão que pagar R$250 para jogar o jogo completo.

Outra pergunta importante: quem garante a quem comprar o episódio Midgar que os capítulos futuros serão compatíveis com o console em que começaram a aventura? Embora eu nem sempre goste do tom depreciativo usado pelos jogadores mais barulhentos da internet, a dúvida dos usuários com Final Fantasy VII Remake parece ser mais do que legítima. Embora eu ache que a Square Enix já esteja atrasada, eles ainda tem tempo de consertar isso e impedir uma bola de neve gigantesca de ódio e desinformação que está indo em direção a um projeto que, posso garantir, é incrível.

VSDias55

Membro desde

26 anos, Florianópolis

Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *