Pacientes de Instituto Nefrológico recebem cestas básicas e kits de higiene

O Instituto Nefrológico de Mato Grosso (Inemat) recebeu da campanha “Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus”, do Governo de Mato Grosso, 192 cestas básicas com alimentos não perecíveis, kits de higiene pessoal e de limpeza. As doações foram entregues na quarta-feira (13.05) aos pacientes que fazem tratamento de hemodiálise pelo SUS, e que passam por dificuldades devido a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A iniciativa da campanha é da primeira-dama, Virginia Mendes, e realizada pela Secretaria de Estado de Assistência Social Cidadania (Setasc).

A entrega foi realizada pelas secretárias adjuntas de Cidadania e Inclusão Socioprodutiva (Sacis), Rosineide Porcionato, e de Direitos Humanos, Salete Morocoscki. “As instituições que estamos atendendo neste momento são as que prestam atendimento às pessoas em situação de extrema vulnerabilidade, principalmente àquelas consideradas do grupo de risco, como é o caso dos pacientes em tratamento de hemodiálise . Estamos realizando as doações diariamente, sabendo que serão destinadas as pessoas certas, que são os menos favorecidos”, ressaltou a secretária adjunta Rosineide.

João Milano

O Inemat atende pacientes com doenças crônicas renais que estão à espera de transplante e que fazem tratamento de forma permanente no local. Conforme a diretora geral do Instituto, Katia Cristina, a maioria dos pacientes é de famílias carentes e neste período de pandemia é necessário todo tipo de ajuda.

“Temos uma gratidão imensa pela primeira-dama, Virginia Mendes, no apoio aos nossos pacientes que se encontram vulneráveis. Neste período de Covid, piorou ainda mais a situação socioeconômica e ainda temos os problemas inerentes a saúde dos pacientes, então essa é uma forma de ajudar neste momento tão difícil, além dos cuidados médicos”, disse a diretora.

João Milano

Há quase três anos, o aposentado, Francisco Oliveira dos Santos, de 78 anos, é atendido pelo Inemat com tratamento de hemodiálise. Ele foi um dos beneficiados pela ação. “Agradeço pelo auxilio, vai ser muito bom para a minha família, recebo com muito prazer, é uma atitude muito nobre, que fará a diferença”, disse.

Transplantada renal há seis anos, a primeira-dama Virginia Mendes é madrinha da retomada das cirurgias de transplante renal em Mato Grosso, serviço que estava paralisado há mais de 10 anos na rede pública de saúde no Estado. E destaca a importância de ajudar estas pessoas.

João Milano

“Eu sei o que eles passam. O tratamento em si já é muito doloroso. É praticamente impossível levar uma vida normal. E neste momento tão difícil que estamos atravessando as coisas ficam ainda piores. Eu só posso agradecer a Deus pela oportunidade que Ele me deu, quando recebi um rim novo, e retribuir com ações como esta e outras mais, como foi o caso da retomada das cirurgias de transplantes renais em Mato Grosso. Tudo o que eu puder fazer em prol da melhoria da qualidade de vida das pessoas mais carentes eu farei”, destacou a primeira-dama.

Mais entregas

As entidades filantrópicas, Instituto Vidas em Ação Jovem Aprendiz e Sindicato dos Guias de Turismo de Mato Grosso (SINGTUR), também receberam doações arrecadadas na Campanha “Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus”.

João Milano

Foram entregues 40 cestas básicas com kits de higiene pessoal e de limpeza, diretamente aos representantes das entidades. A secretária ajunta de Direitos Humanos, Salete Morockoski, realizou as entregas representando a primeira-dama, Virginia Mendes, e a secretária Rosamaria Carvalho. Ela destacou a importância da ação solidária para as famílias carentes.

“Sensível a situação das entidades, a campanha tem ajudado os que mais precisam neste momento de isolamento social. Nós da Setasc estamos trabalhando incansavelmente para alcançar todas as famílias em vulnerabilidade”, disse a secretária adjunta de Direitos Humanos.

João Milano

Criado em 2009, o Instituto Vidas em Ação Jovem Aprendiz é uma instituição sem fins lucrativos voltada à capacitação e ao desenvolvimento humano. Conforme a presidente, Isabel Silveira, a instituição beneficia pessoas com idade de 14 a 24 anos, em 15 pólos no estado de Mato Grosso, e em Cuiabá.

“Agradeço a primeira-dama, Virginia Mendes, que tão generosamente fez a doação, para que, pudéssemos atender as famílias dos jovens aprendizes, principalmente aquelas que são mães e estavam com dificuldades de sobrevivência. Estamos felizes em saber que as famílias estão amparadas”, pontuou a presidente.

João Milano

Tainara da Silva, de 21 anos, faz parte do grupo de mães jovens aprendizes que se encontram desempregadas. Ela conta que concluiu o ensino médio por meio da instituição, mas acredita que devido o momento de isolamento social será difícil a recolocação no mercado de trabalho. “A doação vai ajudar muito principalmente na alimentação do meu filho, porque estou desempregada e não sei quando tudo vai voltar ao normal”, disse.

A presidente do SINGTUR, Suzy Miranda, explicou que o setor de turismo foi o primeiro a sofrer os impactos da pandemia do novo coronavírus. Durante as entregas, Suzy relatou as consequências que a categoria vem sofrendo e as medidas adotadas pelo Sindicato para auxilia-los.

João Milano

“Esse é o momento de nos unirmos, agradeço a parceria do Estado, que trouxe os alimentos que tanto precisamos neste período de crise. A situação dos profissionais ficou bem difícil com a quarentena e esse benefício ajudará no sustento da nossa sobrevivência”, destacou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *