Recordes de frio em capitais em 4/5/2020

Forte onda de frio avança sobre o Brasil no decorrer desta semana e muitos recordes de baixa temperatura serão batidos até o Dia das Mães

Várias capitais brasileiras registraram suas mais baixas temperatura em 2020, até agora, na madrugada de 4 de maio. Em Porto Alegre, São Paulo, no Rio de Janeiro e em Vitória, o resfriamento aumentou por causa da nova injeção de ar frio de origem polar que começou a ocorrer no fim de semana, com a passagem de uma frente fria. 

Em Goiânia, que registrou sucessivos recordes de frio desde o início de maio, o novo recorde frio observado nesta segunda, 4 de maio, foi associado principalmente ao efeito de subsidência do ar, por causa da presença de uma grande massa de ar seco (sistema de alta pressão atmosférica) que predomina sobre o Centro-Oeste desde a última semana de abril.

Foto de Daniel Orlandi, Rio de Janeiro (RJ)

A quarentena continua: clique o #otempodajanela

Recordes de frio em capitais em 4/5/2020

Confira os recordes de frio para 2020 ocorridos em 4/5/2020, de acordo com as temperaturas registradas pelo INMET – Instituto Nacional de Meteorologia -, por meio de medições em estações meteorológicas automáticas, feitas sem auxílio de uma pessoa, e em estações convencionais, feitas por uma pessoa.

Porto Alegre (RS): 11,5°C (recorde anterior: 11,6°C, em 3/5/2020)

São Paulo (SP): 13,6°C (recorde anterior: 14,2°C em 10/4/2020)

Rio de Janeiro (RJ): 13,8°C (recorde anterior: 15,0°C em 26/3/2020)

Vitória (ES): 18,6°C (recorde anterior: 19,2°C em 14/4/2020)

 Frio traz mais doenças respiratórias e cardiovasculares

Forte onda de frio à vista

Todos esses recordes vão ser batidos nos próximos dias com a grande onda de frio que vem por aí. Prepare-se porque a temperatura vai baixar muito no fim da semana.

A partir da quinta-feira, 7 de maio, novos recordes de frio já poderão ocorrer em Campo Grande e em Cuiabá. Já em Goiânia e em Brasília, os novos recordes de frio poderão ocorrer no próximo fim de semana.

Nas capitais do Sul, os novos recordes podem ocorrer já a partir da quinta-feira, 7 de maio. 

Nas capitais do Sudeste, a chance de novos recordes de frio é considerada pela Climatempo a partir da sexta-feira, 8 de maio.

Dia das Mães gelado

Durante o fim de semana do Dia das Mães, 9 e 10 de maio, esta grande e forte massa de ar frio de origem polar ainda estará atuando sobre o Brasil causando frio no Sul, no Sudeste, no Centro-Oeste, em Rondônia, no Acre, no sul do Amazonas e até em algumas áreas do sul da Bahia.

Dicas para se proteger de gripes, resfriados e da covid-19

Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *