Sassá e Zé Eduardo saem no BID; Matheus Índio conclui exames e inicia treinos no Cruzeiro – globoesporte.com

Sassá e Zé Eduardo retornaram de empréstimo de Coritiba e América-RN, respectivamente; apenas o segundo deverá ser utilizado por Ney Franco

Em busca da reação na Série B do Campeonato Brasileiro, Ney Franco ganhou uma opção para o setor ofensivo do Cruzeiro no restante da temporada. Trata-se do atacante Zé Eduardo, que teve seu contrato reativado com o clube mineiro nesta quinta-feira no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF, e ganha condições de jogo já para a partida desta sexta-feira contra o Avaí, válida pela 11ª rodada da competição. Já Sassá, que também teve o vínculo validado com a Raposa, a princípio, não atuará pela Raposa.

Sassá estava cedido ao Coritiba desde o começo da temporada, mas após o clássico diante do Athletico-PR, pelo Campeonato Brasileiro, foi flagrado em uma aglomeração, na capital paranaense. A situação não foi bem recebida, e o Coxa decidiu romper o vínculo com o atacante. Entretanto, o staff do atleta não aceitou a decisão e travará uma batalha jurídica com o clube.

Mesmo com condições de jogo, o atacante não deverá atuar pela Raposa na Série B, pois busca oportunidades de negócio no exterior, já que não pode atuar mais por uma equipe da Série A, por ter feito sete jogos pela equipe paranaense na competição. Com o Cruzeiro, ainda não foi aberta conversa para ele ser aproveitado.

Zé Eduardo Cruzeiro — Foto: Gustavo Aleixo

Já Zé Eduardo foi emprestado ao Villa Nova-MG na disputa do Campeonato Mineiro no primeiro semestre e anotou quatro gols. Em julho, foi cedido para o América-RN, onde chegou dizendo que realizava o sonho de atuar profissionalmente pelo clube, onde jogou desde a escolinha até o time sub-20. Nesta curta passagem por Natal, caiu nas graças da torcida ao marcar cinco gols em cinco jogos. Os números chamaram a atenção do Cruzeiro.

Matheus Índio aprovado nos exames

Possível reforço do Cruzeiro para o restante da Série B, dependendo apenas da liberação da Fifa para ser registrado, o meia Matheus Índio concluiu os exames na capital mineira, foi aprovado e iniciou os treinamentos na Toca da Raposa.

Matheus Índio em ação pelo Boavista, onde esteve emprestado pelo Estoril — Foto: Reprodução

Matheus Índio foi revelado no Vasco da Gama, até ser vendido ao futebol português em 2017, logo depois de empréstimo ao Estoril. Ele permaneceu em Portugal, chegou a atuar no Boa Vista (emprestado), até deixar o clube em julho, no fim de contrato. Índio expressou o desejo de volta da Europa e também foi procurado por Goiás e Botafogo.

Sócio Cinco Estrelas – Cruzeiro — Foto: Divulgação

Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *