Situação de Vereador complica e TJ nega HC para membro da quadrilha

 

O Desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Marcio Vidal da Fonseca, negou no último dia 27/12, Habeas Corpus à um dos presos na “Operação Cleanup”. Pela decisão a qual o site OEMPALLADOR teve acesso, o Desembargador negou a soltura do suposto traficante  prevendo que o mesmo poderia utilizar-se dos festejos do final de ano para reincidência no crime de tráfico de drogas. A decisão judicial de 2a. instância  traz desânimo para a defesa do Vereador por Várzea Grande, Calistro Lemes do Nascimento (PSD), que até o momento não impetrou com nenhum remédio jurídico para libertar seu cliente das grades. Vidal, é um dos julgadores mais temidos  da justiça Matogrossense e foi responsável por dar seguimento à todos recursos contra à Prefeita, Lucimar Campos e que atualmente encontram-se no TSE

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *