Vereador comanda “caixa-preta” do Coronavírus em VG e cidade assume 2a. posição

City closed

Ontem (20/05), o Vereador e Líder da Prefeita de VG Lucimar Campos, Pedro Paulo Tolares (DEM), o “Pedrinho”, comandou a Lei do silêncio ou “caixa-preta” na cidade industrial quando o assunto são informações relativas aos dados do coronavírus.

O Vereador conclamou seus pares a negarem um pedido feito pelo Vereador Rogerinho Dakar (PSDB). O Tucano tinha curiosidade sobre a quantidade de recursos que o município já recebeu e à receber, bem como onde já foram empregados tais valores, inclusive quais seriam os passos futuros.

Entretanto, o líder da Prefeita aconselhou seu colega à solicitar mesmo que informalmente ao Secretario de Governo, Khalil Baracat, e um dos pontos alegado pelo Democrata seria porque Dakar e Baracat tiram fotos juntos, não havendo necessidade de tal requerimento. Quatro Vereadores se abstiveram de votar, ficando com a “pecha” da concordância com Pedrinho, são eles : Gisa Barros (DEM), Chico Curvo (DEM), Carlino Neto (PTB) e Joaquim Antunes (PSDB). Votaram pelo “segredo” das informações, Pedrinho, Gordo de Goiano, Calistro Lemes, Ferrinho, Nilo Campos, Rodrigo Coelho, Joãozito e Neni Chimarrão.

Conforme boletim divulgado desta tarde (21), VG ultrapassou Rondonópolis em quantidade de contaminados e chegou a 108 casos.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quintas-feira (21/05), 1.187 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 34 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. Os últimos dois óbitos foram notificados pelos municípios de São Pedro da Cipa e Várzea Grande.

Os casos confirmados estão em Cuiabá (380), Várzea Grande (108), Rondonópolis (100), Barra do Garças (61), Primavera do Leste (47), Tangará da Serra (43), Lucas do Rio Verde (41), Sinop (32), Sorriso (31), Rosário Oeste (31), Confresa (26), Peixoto de Azevedo (21), Jaciara (20), Cáceres (19), Nova Mutum (17), Querência (14), Alta Floresta (10), Tapurah (9), Mirassol D’Oeste (9), Pontes e Lacerda (8), Jangada (7), Chapada dos Guimarães (7), Campo Verde (7), Alto Araguaia (7), Vila Rica (6), São Pedro da Cipa (6), São José dos Quatro Marcos (6), Aripuanã (5), Nova Ubiratã (5), Pontal do Araguaia (4), Matupá (4), Curvelândia (4), Rio Branco (3), Poconé (3), Nova Lacerda (3), Ipiranga do Norte (3), Guarantã do Norte (3), Conquista  D’Oeste (3), Campo Novo do Parecis (3), Água Boa (3), Acorizal (3), Vila Bela da Santíssima Trindade (2), Vale de São Domingos (2), Rondolândia (2), Poxoréo (2), Juscimeira (2), Dom Aquino (2), Cotriguaçu (2), Canarana (2), União do Sul (1), Sapezal (1), São José do Xingu (1), São José do Povo (1), São Felix do Araguaia (1), Santo Antônio de Leverger (1), Santa Rita do Trivelato (1), Ribeirão Cascalheira (1), Porto Alegre do Norte (1), Ponte Branca (1), Pedra Preta (1), Novo Mundo (1), Nova Xavantina (1), Nova Olímpia (1), Nova Monte Verde (1), Nossa Senhora do Livramento (1), Nobres (1), Lambari D’Oeste (1), Jauru (1), Colíder (1), Campos de Júlio (1), Bom Jesus do Araguaia (1), Alto Paraguai (1), Alto Garças (1), Alto Boa Vista (1), e residentes de outros Estados (24).

Nas últimas 24 horas, surgiram 97 novas confirmações em Cuiabá (46), Rondonópolis (1), Várzea Grande (14), Primavera do Leste (3), Tangará da Serra (3), Rosário Oeste (1), Peixoto de Azevedo (1), Acorizal (1), Alto Araguaia (5), Campo Verde (3), Colíder (1), Dom Aquino (2), Jaciara (3), Matupá (4), Mirassol D’Oeste (1), Nova Ubiratã (2), Pedra Preta (1), Rio Branco (1), Vila Rica (1) e residentes de outros Estados (3).

Dos 1.187 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 626 estão em isolamento domiciliar e 428 estão recuperados. Há ainda 99 pacientes hospitalizados, sendo 52 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 47 em enfermaria.

No boletim, a SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 269 leitos de UTI e 877 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no Estado – sendo que esses dados já incluem os novos leitos do Hospital Metropolitano.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 50,1% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49,9% masculino; além disso, 344 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 4.496 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 126 amostras em análise laboratorial.

 

Um comentário em “Vereador comanda “caixa-preta” do Coronavírus em VG e cidade assume 2a. posição

  • 22 de maio de 2020 em 16:00
    Permalink

    Vegonhoso esses vereadores de VG. E a população terá de dar a resposta nas urnas para todos esses vereadores….Não fizeram nada durante esses 04 anos de mandatos…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *