Publicidade

Enquanto o Prefeito de Várzea Grande Kalil Baracat (MDB), se mostra descontente com parte do Secretariado, inclusive com apelos, como aconteceu na última terça-feira (26), quando reclamou da SECOM de não divulgar suas realizações. Por outro lado, Baracat vê sua máquina arrecadadora como “céu de brigadeiro”, visto que neste mês de julho conseguiu emplacar recorde histórico no recolhimento do ISSQN (Imposto sobre serviços de qualquer natureza). O tributo é considerado como “cheque em branco”, pois pode-se gastar em todas as áreas. Faltando aínda 03 (três) dias para encerrar o mês, fonte do site OEMPALLADOR afiançou que até o momento entraram no tesouro municipal cerca de R$ 6,5 milhões, segundo alguns auditores, sonho de consumo do Senador Jayme Campos quando administrou a cidade por três mandatos. Um dos fiscais que preferiu anonimato brincou com a situação, “Foi um presente para a Neia (Secretária). Ela nos pediu essa missão de arrecadar. Segunda-feira (01), podemos cantar parabéns, cumprimos nosso combinado”.

3 COMENTÁRIOS

  1. Na verdade a secretária que tem que sair do cargo afinal jaime não está mas na pmvg. Além de não saber nada de arrecadação tributária, ter uma pessoa sem conhecimento técnico na área que se preocupa com tarefas administrativas é uma âncora para o crescimento de arrecadacao. Um exemplo claro foi o que a prefeitura de cuiaba fez e posteriormente o estado de MT em nomear pessoa competente e técnica para o cargo de maior prestígio de uma administração pública e pulmão do ente político.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.