Publicidade

A briga pelo comando do PROS em Mato Grosso rachou de vez a amizade entre o ex-candidato a prefeito por Várzea Grande Flávio Frical e o ex-deputado estadual Jajah Neves. Sabidamente os dois mantinham longa relação desde a época que Neves foi candidato. O imbróglio aqui em MT decorre pela Presidência do diretório nacional, quando na quarta-feira (03) Jajah foi deposto do cargo pelo recém empossado Eurípiedes Júnior e em seguida escalou Frical para comandar o estadual, fato que irritou Jajah, pois considerou muito estranho e uma espécie de traição do amigo, “A mesma pessoa (Flávio) que convidei e trouxe pro partido”. O primeiro ato de Frical foi chamar os candidatos à federal de “chapa morta” e que não haveria mais disputa na proporcional. Para Jajah foi uma “postura ruim de Flávio chegar no partido” e o teria “enquadrado”. Seria a criatura superando o criador.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.