Publicidade

A Vereadora Rosy Prado (UB), reconheceu que se exaltou e foi deselegante com seu colega de parlamento, o Vereador Rogério de França Martins (PSDB), ao travar com ele “paternidade” sobre reforma de uma Praça no bairro Jardim Costa Verde, em Várzea Grande. Prado pediu desculpas à Dakar e a população Varzeagrandense. Ao cair a “ficha”, a Vereadora esclareceu que não existe parlamentar bairrista, mas sim, representantes da cidade como um todo. Pela fala, subentende-se que amigos e assessores a pertubam com preocupação em relação a perda de espaço e consequente votos nessas regiões. Pelo visto, a “afobação” deu lugar ao bom entendimento.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.