Publicidade

Conforme apurado pelo site OEMPALLADOR junto a Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande, a suposta tentativa de recebimento de um valor milionário  por parte de uma empresa do ramo medicamentos continua guardado a “sete-chaves”, comenta-se algo em torno de meio milhão de reais. As poucas informações obtidas pelo jornalista Pedro Luis aponta que o prejuízo teria sido evitado pelo Assessor de Gestão, João Santana Botelho, conhecido como “Tica”, responsável pelo CADIM (Central de Distribuição de Medicamentos). O Secretário de Saúde, Gonçalo Aparecido de Barros prefere cautela quanto ao assunto, mas deixou escapar que a empresa se tornará inidônea. O caso se tornou “tabu”, dado às circunstâncias dos fatos. Levantamento realizado pelo OEMPALLADOR e por Pedro Luís remete a investida de receber  3200 unidades de um remédio que nunca passou pelas “prateleiras” da saúde municipal.  O Jornalista Rodrigo Pazot obteve alguns nomes que provavelmente participaram da “emboscada”, entretanto, trabalha para apurar os dados.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.