Publicidade
A Câmara Municipal de Várzea Grande aprovou, nesta terça-feira (21.06), o Projeto de Lei n° 64/2022 o qual dispõe sobre a obrigatoriedade da utilização de lacre inviolável nas embalagens de alimentos entregues em domicílio. A proposta é de autoria do vereador Alessandro Moreira. Segundo o parlamentar,  os lacres nos alimentos/bebidas impedem a contaminação do produto por terceiros. “A intenção é garantir a segurança alimentar, principalmente, fora dos estabelecimentos comerciais. É necessário proteger os consumidores de uma infecção ou contaminação causada pelo consumo de alimentos”, relata Moreira. Após a aprovação, a norma segue para sanção ou veto do prefeito Kalil Baracat.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.