Publicidade

A derrota de ontem (23) para o Vila Nova, por 1 a 0, no Serra Dourada, em Goiânia, pela 20ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, foi decisiva para a saída do técnico, que perdeu mais duas vezes a frente do Gigante da Colina, com dois empates e somente três vitórias. O aproveitamento foi de 45,8%.

Quando Maurício começou o trabalho, o Vasco estava invicto e aparecia na terceira posição, com 24 pontos, a quatro do líder Cruzeiro. O clube segue na mesma colocação, mas com três derrotas no percurso e vendo a diferença para a Raposa subir para dez pontos. A vantagem para o quinto colocado é a mesma (seis pontos) de oito jogos atrás. Foi a primeira vez que o treinador comandou um time profissional de forma efetiva.

Segundo a nota divulgada pelo tima, a equipe profissional estará a cargo da comissão permanente, formada pelo técnico interino Emilio Faro, o auxiliar João Correia e o preparador físico Daniel Felix. O próximo compromisso pela Série B será nesta quinta-feira (28), às 19h (horário de Brasília), contra o CRB, em São Januário, no Rio de Janeiro.

source

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.