Publicidade

No Brasil o debate para o uso da cannabis medicinal ainda está em andamento e vai demorar um tempo para que os cristãos tenham uma opinião formada sobre os medicamentos à base de óleo de cannabis.

Nos EUA, com vários estados autorizando o uso recreativo da droga, o debate é outro: um pastor tem tentado provar os cristãos que não é errado fumar maconha.

Craig Gross, pastor fundador da XXXChurch, uma denominação que ele liderou por anos para ajudar viciados em  conteúdo adulto, agora lidera um ministério chamado “Christian Cannabis”.

No site oficial da instituição, os organizadores dizem que a maconha “expande a sua consciência” e “convida você para um espaço de ministério onde você encontrará Deus”.

A proposta da “igreja da maconha” é fazer os cristãos entenderem que a erva pode “ser benéfica” ao falar sobre os efeitos “de aumentar a clareza mental, diminuir a ansiedade e levar à cura física e ao bem-estar integrativo”.

E para elevar essa ideia, Craig Gross está lançando este ano uma série de produtos à base de maconha, entre eles cigarros, balas de goma, balm labial, creme, spray, óleo e muito mais.

Redação Exibir Gospel

Read More

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.