Publicidade

Os chefes do centrão gostam de circular pelos corredores de Brasília como se fossem responsáveis por frear os impulsos autoritários de Jair Bolsonaro. Volta e meia, a turma que manda na operação política do governo espalha a ideia de que está incomodada com o comportamento golpista do presidente, diz trabalhar pela moderação e argumenta que os ataques à democracia atrapalham a campanha à reeleição.
Leia mais (07/28/2022 – 14h04)
source

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.