Publicidade
Doze motoristas foram presos por embriaguez ao volante em duas edições da Operação Lei Seca realizadas em Cuiabá. A primeira delas foi na última quinta-feira (14.04), na Avenida Tenente Coronel Duarte, bairro Dom Aquino, com dois motoristas detidos. Já a segunda ocorreu na madrugada deste sábado (16.04), na Avenida Beira Rio, com dez motoristas embriagados.
Na quinta-feira, 19 motoristas foram flagrados digirindo sob efeito de álcool, sendo autuados pela prática, doze foram flagrados sem Carteira Nacional de Habilitação e 30 por conduzir veículo sem registro ou não licenciados. Foram realizados 162 testes de alcoolemia, no entanto, quatro motoristas se recusaram a fazer o teste.
Nesta operação, foram registrados 72 Autos de Infração de Trânsito (AITs). Doze motoristas assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por conduzirem sem possuir CNH.
Ao todo, 152 veículos foram fiscalizados, dentre eles, 42 foram removidos, dos quais 37 carros e cinco motocicletas. Outros 53 foram autuados. Os agentes recolheram 16 CNHs e um Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLVs).
Neste sábado, 14 condutores foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool, sendo autuados pela prática. Foram realizados 125 testes de alcoolemia, no entanto, nove motoristas se recusaram a fazer o teste.
Outros oito motoristas foram detidos por conduzirem sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e 21 por estarem com veículo sem registro ou não licenciado.
Nesta edição, foram registrados 56 Autos de Infração de Trânsito (AITs). Oito motoristas assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por conduzirem sem possuir CNH.
Ao todo, 124 veículos foram fiscalizados, dentre eles, 44 foram removidos, dos quais 35 carros e nove motocicletas. Outros 45 foram autuados. Os agentes recolheram 14 CNHs e dois Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLVs).
A Lei Seca é coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Estado de Segurança Pública (GGI/Sesp) e contou com as forças integradas da Polícia Militar, por meio do Batalhão de Trânsito (BPMTran); da Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran); do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.