Publicidade

Recém-aprovado em ambas as casas do Congresso, mas aguardando sanção presidencial, o empréstimo consignado para os beneficiários do Auxílio Brasil é a mais nova mudança na rede de proteção da população em vulnerabilidade. À primeira vista, a ideia parece promissora: o acesso ao crédito amplia o conjunto de escolhas das famílias pobres, deixando que cada uma delas avalie suas próprias necessidades nas decisões de endividamento. Considerando que pagamento é descontado diretamente do benefício ?isto é, o risco de inadimplência é menor?, as taxas de juros neste tipo de empréstimo deveriam ser mais atrativas que as praticadas no mercado.
Leia mais (08/01/2022 – 21h30)
source

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.