Publicidade

Um dos líderes da facção criminosa mais atuante em Mato Grosso foi preso na noite desta segunda-feira (11.04), em ação da Força-Tarefa de Segurança Pública (FTSP/MT), composta pela Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar.

O investigado é o líder de facção criminosa que atua fortemente na região sul do estado, em especial na cidade Barra do Graças e ficou famoso após matar uma sobrinha de 9 anos de idade com quatro tiros nas costas, em 2014 na cidade de Rondonópolis (MT).

O investigado também possuía contra si mandado de prisão preventiva em aberto, expedidos pela 7º Vara Criminal da comarca de Cuiabá, pela prática de tráfico de drogas e integrar organização criminosa.

Durante as investigações, identificou-se que o suspeito estava escondido na cidade do Rio de Janeiro e que iria realizar um deslocamento para a região sul do país de veículo. Com essas informações a equipe de investigação da FTSP realizou diversos levantamento até identificar a placa e o veículo utilizado pelo faccionado, como sendo uma Hillux, marca Toyota e que estaria passando naquele momento pelo estado de Santa Catarina.

Com isso, realizando mais um trabalho integrado entre as forças de segurança, acionou-se uma equipe da PRF desse estado para realizar a abordagem na cidade de Joinville (SC). Durante a abordagem o preso não apresentou nenhuma reação e confirmou aos policiais que realmente é foragido da justiça mato-grossense.

A FTSP/MT consiste em uma força-tarefa composta pela Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar e tem por objetivo realizar uma atuação conjunta e integrada no combate ao crime organizado que atua no Estado do Mato Grosso.

Informaçôes: Comunicação Social da Polícia Federal em Mato Grosso

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.