Publicidade

A Guarda Municipal de Várzea Grande passa, a partir de agora, a operar no trabalho de coordenação e fiscalização do trânsito com o Personal Digital Assistents (PDA), também conhecido por talonário eletrônico. A secretaria Municipal de Defesa Social recebeu os novos equipamentos que serão utilizados na notificação de infração de trânsito, autos de apreensão e remoção de veículos, boletins de acidentes e ocorrências policiais, de forma ágil, dinâmica e sem usos de papéis, contribuindo dessa forma para a preservação do meio ambiente.

“A aquisição desses novos equipamentos vai proporcionar maior eficácia e eficiência no serviço já prestado pela Guarda Municipal. Além dos seis talonários eletrônicos, foram adquiridos também cinco tabletes e 11 impressoras. A população terá um melhor atendimento, pois passa a contar com um sistema ágil e seguro”, destacou o secretário de Defesa Social, Alessandro Ferreira da Silva.

O gestor explica que vários órgãos de segurança pública já utilizam esse dispositivo e com a Guarda Municipal não seria diferente. “A tecnologia tem modificado a forma de atuação administrativa e operacional das polícias daí a necessidade de estarmos atentos a essas mudanças, e um bom exemplo é emprego do sistema de talonário eletrônico, que possui várias características como redução do tempo na elaboração de multas, uma vez que a maior parte dos dados sobre o veículo já está em um banco de dados”.

O comandante da Guarda Municipal, Álison Barcat Salgado disse que o órgão de segurança municipal vem ao longo dos anos inovando seja na forma de atuação, bem como nos equipamentos utilizados nos trabalhos desenvolvidos pela pasta. “E isso se deve também a Administração Municipal que tem investido no setor, com a aquisição de novos equipamentos de serviços e de segurança pessoal, além de capacitação profissional, que são fatores que têm contribuído para o reconhecimento e sucesso dessa instituição que tem sido referência para outros municípios”.

Com relação aos novos equipamentos, em especial ao PDA, vai possibilitar aos agentes de trânsito, mais agilidade e menos burocracia, e ainda desafogar o órgão estadual uma vez que o município passa a ter mais celeridade na aplicação das infrações. “o sistema permite que o município acesse diretamente as três bases nacionais, o Registro Nacional de Veículos Automotores, Registro Nacional de Condutores Habilitados e Registro Nacional de Infrações”, destacou o comandante.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.