Publicidade

O fantasma da instabilidade voltou a assombrar a política de Israel. No poder desde junho de 2021, a improvável coalizão que encerrou o poderio de 12 anos do ex-premiê Binyamin Netanyahu anunciou, na segunda (20), a intenção de dissolver o Parlamento, levando o país ao mesmo impasse do qual, a duras penas, conseguira sair há um ano.
Leia mais (06/21/2022 – 21h30)
source

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.