Publicidade

Geniquesia Santos Menezes Severo é maquiadora profissional e viu no curso de Embelezamento de Mãos e Pés uma oportunidade a mais para ampliar a atividade voltada para o setor de beleza. Ela pretende realizar outros cursos e futuramente, abrir o seu próprio salão. “Sempre gostei desta área e por ter afinidades com o setor, pretendo me capacitar também com o curso de estética e cabelo. O setor de beleza é um dos mais promissores e que cresce a cada dia, daí a necessidade de estarmos atualizadas e capacitadas para esse mercado de trabalho”.

Jandira Rosa da Silva também é uma das alunas do curso de Embelezamento de Mãos e Pés, que viu na profissão uma forma de aumentar a renda familiar. A escolha do curso, segundo a aluna, foi inicialmente, para poder fazer as próprias unhas e de seus familiares, porém com as aulas em andamento viu que poderia cuidar de si e de outras pessoas também. “Não tinha pretensão de me dedicar a esse mercado, mas durante a aula prática, me identifiquei e agora também penso em entrar no mercado da beleza. A oportunidade que estamos tendo, com a inserção desses cursos é gratificante, porque acaba sendo um incentivo a dezenas de mulheres que são chefes de família”.

Para Katiely Bras, mais que uma oportunidade de emprego e geração de renda, o curso de embelezamento foi uma terapia ocupacional. Ela venceu a depressão e voltou a ver a vida com um olhar mais acolhedor e mais receptivo também, uma vez que o envolvimento das colegas de curso lhe trouxe afago e disposição para vencer todos os obstáculos. “Hoje me sinto muito bem e estou motivada a seguir nesta profissão. Antes mesmo de concluir o curso eu já tinha conquistado uma clientela, que eu atendo em minha casa, ou nas residências das minhas clientes, dando a elas a oportunidade de ficarem bonitas sem saírem de casa”, comentou.

Toda as alunas elogiaram a criação do programa Qualifica + VG, uma iniciativa da Secretaria de Assistência Social, em parceria com o Governo do Estado de Mato Grosso e instituições do Sistema S, além da participação ativa do Gabinete de Apoio às Ações Transformadoras, idealizada pela primeira-dama do município, a Promotora de Justiça, Kika Dorilêo Baracat, que fez questão de participar do encerramento do curso, realizado na subprefeitura, instalada na região do grande Cristo Rei.

“Me orgulha saber que todas vocês concluíram com êxito o curso de embelezamento de mãos e pés e ver que muitas já manifestam a vontade de se empreender. É gratificante também poder ouvir depoimentos de mulheres que se tornaram fortes a partir dessas iniciativas, que aparentemente simples, dão alento e coragem para muitas, que são chefes de família, e que buscam aumentar a sua renda, e o mais importante a sua independência financeira. E esse é um dos objetivos desse programa social que tem sido um exemplo de serviço de utilidade pública, voltado a família mais carente. Como primeira-dama de Várzea Grande me sinto honrada em poder participar dessas ações e como Promotora de Justiça, também fazer parte desse movimento de engajamento e fortalecimento de mulheres, que como eu desenvolvem diversas atribuições, sendo mãe, dona de casa, esposa e profissional”.

Para a secretária de Assistência Social, Ana Cristina Vieira, o sucesso alcançado pelo programa Qualifica + VG também se deve ao olhar atento e especial da primeira-dama Kika Dorilêo Baracat, em apoiar e contribuir com todas as ações desenvolvidas pela pasta

“A Kika exerce uma função importante como Promotora de Justiça e tem muitas atribuições, mas ainda assim sempre fez questão de ajustar a sua agenda de trabalho para poder participar, na medida do possível, das atividades realizadas por diversos setores da assistência social.  A sua participação nos engrandece e o seu apoio nos motiva a criarmos programas e serviços sociais que venham ao encontro das necessidades da população local”.

Ana Cristina disse ainda que além da conclusão do curso de Embelezamento de mãos e pés, em parceria com o Senac, dezenas de outros cursos estão sendo ofertados nos polos dos Centros de Referência em Assistência Social dos bairros Cristo Rei, Santa Maria, Jardim Glória, São Mateus e também na Subprefeitura. “É importante que as pessoas interessadas em fazer um curso de capacitação, que procure uma dessas unidades e busquem as informações necessárias para a sua inscrição. É importante também que saibam que a administração municipal está oferecendo centenas de cursos, e um deles pode se encaixar na sua preferência”.

A coordenadora de Relações Institucionais da Subprefeitura, Geovana Moreira da Silva, informou que na unidade está sendo realizado, neste momento, o curso de padeiro, porém se encontram abertas as inscrições para o curso de Embutidos de Frango. O início das aulas, para esta modalidade estão previstas para o dia 2 de maio.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.