Publicidade

O vídeo de uma mãe seminua na esplanada do Zócalo, na Cidade do México, carregando uma faixa escrita onde clama por justiça pelo desaparecimento e morte de um filho, faz com que o Dia da Mãe, ancorado na tradição mexicana e celebrado a cada 10 de maio, assuma uma dimensão que reflete a dor sofrida por milhares de famílias que buscam ineficazmente seus desaparecidos entre os mais de 90 mil casos que se acumularam desde 2006, como informou recentemente o subsecretário Alejandro Encinas.
Leia mais (06/21/2022 – 18h00)
source

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.