Publicidade

Quando soube que o pesquisador do IBGE estava à minha porta, fiquei feliz como nem me lembro quando. Uma alegria pueril só compreendida enquanto preparava um café para a visita esperadíssima. Tive a sensação de que ainda existimos como país. Quase fiz uma dancinha ao voltar da cozinha, enquanto equilibrava as xícaras. O IBGE! Aha! Uhu!
Leia mais (08/02/2022 – 20h49)
source

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.