Publicidade

O termo gourmet é algo que muitas pessoas já pararam de acreditar nos dias atuais, pois atualmente é muito comum ver essa palavra utilizada de forma banal como um jeito de produzir um ótimo marketing para marcas de comida, inclusive marcas de café. Porém, isso não significa que o real café gourmet não exista. Apesar da palavra ter sido utilizada até ser saturada e perder seu significado original, um café gourmet ainda é mais que real e apresenta qualidades que outros cafés não oferecem.

Esse título deve indicar uma série de informações importantes que o consumidor do café precisa saber para tomar uma bebida de qualidade, que genuinamente é feita do melhor grão de café possível com um sabor que não pode ser comparado a nenhum outro café. Assim como muitas outras bebidas consideradas gourmet, o café gourmet apresenta apenas os melhores ingredientes em sua composição.




Se uma pessoa é um amante de café, ela certamente precisa saber mais sobre o café gourmet e suas principais diferenças com o café normal. Além de poder ser delicioso, o café gourmet é uma das formas mais puras de consumir essa bebida quente, o que oferece muitos mais benefícios que um café industrializado.

O que é café gourmet?

Uma das maiores diferenças entre o café comum e o café considerado gourmet é sua qualidade, isso já fica claro pelo seu nome, porém de onde vem essa qualidade e qual a razão por ela ser tão diferente? Há uma explicação plausível para isso. Durante o processo de produção do café, os produtos são feitos de forma que se torne mais rentável para os produtores, o que não é algo negativo em si, porém retira muitos benefícios e muito sabor do produto final.

Para a produção do café gourmet real, usa-se apenas os melhores grãos da colheita, muitas vezes escolhidos à mão ao invés de apostar em uma máquina para separar os grãos. No caso da produção de café comum, muitos grãos de baixa qualidade acabam passando sem serem analisados no processo, o que diminui a qualidade final do produto. Ou seja, não é um trabalho com alta análise dos grãos, por isso é, consequentemente, mais barato e pode ser feito por máquinas.

O café gourmet também é produzido apenas pelos melhores tipos de grãos, entre eles podemos mencionar o bourbon, catuaí, acaiá e mundo novo. O bourbon, por exemplo, é um grão muito sensível a pragas e doenças, porém é o de maior qualidade no mercado e seu resultado final é suave e leve, podendo ser dividido em bourbon vermelho e amarelo, já que possui cores diferentes.

Quais os outros tipos de café?

Além do café gourmet, existem dois outros tipos de café feitos a partir de grãos que qualquer amante de café precisa saber sobre: o café especial e o café tradicional. Sua produção difere do café gourmet e os grãos utilizados também são de menor qualidade, porém não significa que ambos tradicionais e especiais não apresentem suas vantagens e benefícios.

O café especial, por exemplo, é um tipo de café que possui aromas diferenciados podendo ser frutados, doces como caramelo ou chocolate e mais. Isso comprova que não é apenas a cafeína que atrai os consumidores, mas também o aroma e sabor do café.

No caso do café tradicional, ele é produzido através dos grãos tradicionais e possui uma qualidade inferior aos outros dois tipos mencionados, pois sua colheita não é analisada a fundo.

Benefícios do café gourmet: quais são?

Por possuir uma maior qualidade e ter um sabor, aroma e textura de grão muito mais genuínos, é possível dizer que o café gourmet revitaliza as energias de forma muito mais eficiente que o café tradicional, além de melhorar a memória e o humor do consumidor. A cafeína nunca deve ser consumida em grande excesso, porém é essencial consumir esse produto de vez em quando.

Pode haver café gourmet dentro de empresas?

Algo muito comum para deixar o ambiente de trabalho confortável e convidativo é apostar na locação de máquinas de café, uma prática que muitas empresas estão implantando dentro de seu ambiente de trabalho para melhorar o dia-a-dia dos colaboradores. Essa locação permite um empréstimo de máquina de café por tempo determinado, permitindo que uma empresa experimente os produtos ou a qualidade de uma máquina de café oferecida por uma marca.

Através disso é possível ter acesso a um café gourmet, especial, tradicional e até outros tipos de bebidas cafeinadas dentro do ambiente de trabalho. Isso pode aumentar a produtividade, já que o café é conhecido por ser aliado em oferecer energia para o resto do dia.

Isso também é uma forma de investir em produtos para os colaboradores dentro da empresa, que podem estar precisando de incentivos terceiros para deixar o dia-a-dia dentro do espaço de trabalho mais alegre.

Continua após a publicidade

Read More

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.