Publicidade


Considerada uma espécie exótica e natural da Ásia, a cobra píton foi resgatada pela Polícia Militar do Distrito Federal neste sábado (9). O animal havia sido confundido com uma jiboia e foi solto em área do Cerrado, na última quarta-feira (6), por equipe do Batalhão da PM Ambiental.

Após iniciar as buscar pelo réptil raro, a cobra foi encontrada em área de proteção ambiental no Riacho Fundo, no Distrito Federal. A PM contou com o auxílio de um ciclista que viu o animal e acionou a corporação, conforme apuração do G1.

“O animal, de aproximadamente 2 metros, está aparentemente saudável e foi encaminhado à sede do Batalhão de Polícia Militar Ambiental”, informou a PM.

Apesar de não ser venenosa, a presença do animal neste tipo de habitat poderia ser um perigo para outras espécies e como consequência um desequilíbrio ambiental. Vale lembrar que essa espécie tem a capacidade de se reproduzir sozinha, além de não ter um predador natural.





Saiba mais

+ Carolina Portaluppi posta fotos com retoque: ‘Não ri do meu Photoshop’



+ Nova Montana: 3ª geração da picape da Chevrolet chega em 2023



+ Golpista do Tinder brasileiro fica rico enganando vítimas






+ Vírus transforma lagartas em zumbis destinados a morrer sob a luz do Sol




+ Dona do ‘maior bumbum do Brasil’ é assediada na rua





+ Site revela conteúdo de documento confidencial dos militares americanos sobre OVNIs





+ Vídeo: Jovem aponta arma para cabeça de aluna durante briga em porta de escola




+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado



+ O que ocorre no cérebro quando morremos? Cientistas já têm uma resposta





+ ‘Pedra da morte’ do Japão se parte depois de quase mil anos



+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP




+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais



+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua























Read More

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.