Publicidade

A possível insatisfação das bases eleitorais dos Presidentes da Câmara de Cuiabá e Várzea Grande, Juca do Guaraná Filho (MDB) e Fábio  Tardin (PSB), respectivamente, fez com que o Prefeito Cuiabano, Emanuel Pinheiro demovesse da idéia de lançar a esposa Márcia Pinheiro, ao parlamento estadual. Pinheiro comentou que o fato poderia sacrificar a candidatura do filho, o Deputado Federal Emanuelzinho Neto (MDB), já que poderia haver fuga para outros concorrentes. Além de Fabinho e Juca, o Prefeito confidenciou também a construção de parceria com o ex-governador Júlio Campos. A autoconfiança do gestor é tamanha, ao ponto de garantir ele como cabo eleitoral, elegeria os dois (mãe e filho), instalando a “familiocracia” Cuiabana. Faltou só combinar com o povo, neh.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.