Publicidade

Você está na Edição Brasil. Para acessar edições de outras regiões, clique aqui.
O resultado mantém os Citizens na liderança, com 1 ponto de vantagem para os Reds, e deixa a luta pelo título do Campeonato Inglês completamente indefinida. (3:18)
Gabriel Jesus voltou a ser titular do Manchester City, teve atuação de destaque no jogaço deste sábado (10) contra o Liverpool que terminou empatado por 2 a 2, pela 31ª rodada da Premier League, e ainda fez gol, quebrando um longo jejum seu na liga. Após o confronto, ele falou sobre o duelo, sua apresentação e ainda projetou a disputa pelo título sendo bem sincero em relação à briga com o rival.
A gente dominou boa parte do primeiro tempo, mas a gente sabe que do outro [lado] também tinha muita qualidade, vem muita força, eles [Liverpool] pressionam muito bem também. Então, a gente tentou ao máximo pressionar forte lá, como a gente sempre faz, ainda mais jogando em casa, com o apoio da nossa torcida. Começamos o jogo muito bem, marcando, depois de tomar um gol, marcamos de novo, e no segundo tempo acabamos voltando um pouquinho sem o ritmo, e depois a gente criou de novo, o jogo ficou um pouco mais aberto. Bom, esta é a Premier League”, disse o atacante, que não balançava as redes pelo Campeonato Inglês há mais de seis meses – o último tento fora o da vitória por 1 a 0 sobre o Chelsea, em 25 de setembro de 2021.
Além de todo o conteúdo ESPN, com o Combo+ você tem acesso ao melhor do entretenimento de Star+ e às franquias mais amadas de Disney+. Assine já.
Neste sábado, Gabriel Jesus fez o gol que colocou o City pela segunda vez à frente no placar, o do 2 a 1, já no fim do primeiro tempo – o Liverpool deixou tudo igual logo a 2 minutos da etapa final.
Cria do Palmeiras e com 25 anos completados no último dia 3 de abril, o jogador brasileiro disse o que espera fazer para voltar a atuar mais no time de Pep Guardiola.
“Os anos vão passando, e desde quando eu cheguei aqui, eu tenho bons números tanto de jogos quanto de gols, enfim, ajudando minha equipe, óbvio que se tratando do elenco que a gente tem, sempre tá mudando, sempre está trocando as peças… Nesta temporada, eu venho jogando bastante de ponta e não de atacante, fico feliz de ter a opção de jogar aberto ou fechado e, enfim, espero que eu possa depois deste jogo retomar a confiança e voltar a ser o Gabriel de sempre.
Com o resultado, o Manchester City se segura na liderança, vai aos 74 pontos e segue com 1 de frente para o Liverpool
Por fim, Jesus projetou a briga intensa pela taça, que tem o City e o Liverpool na disputa palmo a palmo – os Citizens lideram com 74 pontos contra 73 dos Reds. E foi muito sincero sobre a maneira de a equipe levar o troféu ignorando o adversário comandado por Jurgen Klopp e que tem Salah como principal destaque.
“Mais uma vez o campeonato se forma deste jeito, o penúltimo que a gente ganhou [2018/2019] foi assim até o último jogo, onde que a gente começou perdendo e depois viramos, então, esta é a Premier League”, começou, lembrando a disputa que acabou com o City campeão com 98 pontos ante 97 do Liverpool.
“Não é fácil, é muito difícil, a gente está concorrendo com um time que vem disputando lá em cima com a gente, então, a gente tem que focar e tentar ganhar todos os jogos, este é o único jeito”, completou o atacante. Com a vantagem de um ponto que tem neste momento, o City leva a taça se ganhar todas as partidas pela frente, já que chegaria a 95 pontos, enquanto o Liverpool só pode ir a 94.

source

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.